Justin Bieber sobre acusação de paternidade: “Pude sentir cheiro de golpe”

E! News | Faz 5 anos

 
Justin Bieber tem mostrado uma imensa maturidade e paciência para lidar com a acusação de ser o pai de um bebê de três meses. Mas em algum momento ele teria que falar alguma coisa, e qual lugar é melhor para isso do que o sofá de David Letterman? Então o que Bieber tem a dizer sobre o assunto? E, quase tão importante, como foi fazer o teste de DNA? Mas em primeiro lugar vamos comentar uma coisa: Bieber estava tranquilo como sempre quando se sentou ao lado do entrevistador no Late Show With David Letterman, e ao invés de falar mal de Mariah Yeater (ele é muito cavalheiro para isso), deixou que Letterman fizesse o discurso e praticamente concordou com tudo o que foi dito. SAIBA MAIS: Justin Bieber está pensando em se aposentar? “Me deixou com sangue nos olhos”, disse o apresentador. “Sério?”, perguntou o cantor, “Você ficou assim? Você ficou bravo? Por que ficou bravo?” “Pude sentir o cheiro de golpe”, Letterman respondeu. “Golpista, golpista”, Justin refletiu, “Eu acho que também pude sentir cheiro de golpe. É bem maluco, as pessoas fazem acusações falsas”. E quando perguntado se ficou desanimado com as acusações, ele pareceu estar lidando muito bem com o caso todo. “Não muito. Tenho 17 anos, mas acontece... Estar no centro das atenções. As pessoas podem dizer qualquer coisa”. E quanto ao teste de DNA, que Bieber fez na semana passada para comprovar que não é o pai do bebê, ele confirmou como tudo aconteceu. “Sim, sim, eu fiz... Eles só colhem sua saliva”. LEIA TAMBÉM: Quem será o pai? Justin Bieber faz o teste de paternidade para provar que ele não é