Justin Bieber recebe queixa e é procurado pela polícia

E! News | Faz 3 anos

 
Justin Bieber no Brasil mostra dedo do meio Rio de Janeiro

AgNews



Cantor se envolve em mais uma confusão no Rio de Janeiro






Parece que Justin Bieber não vai sair totalmente ileso depois de várias polêmicas e de ser pego no flagra ao grafitar um muro no Rio de Janeiro. De acordo com o Globo News, a polícia quer explicações sobre o comportamento do astro canadense.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

Na madrugada dessa terça-feira, 05, Bieber foi flagrado grafitando o muro de um antigo hotel perto da casa onde está hospedado, em Joá, zona oeste do Rio. E, quando foi avisada, a polícia saiu às ruas à procura do cantor, que foi descrito como "jovem, loiro, famoso e rebelde". Uma queixa foi aberta contra Justin na delegacia.

Justin Bieber é ultrapassado como a pessoa mais seguida do Twitter

Ainda segundo o jornal, no início da noite de terça, a polícia civil esteve na casa onde Bieber está hospedado, mas ele não foi encontrado.

O caso foi registrado como pichação, considerado crime de menor potencial ofensivo. Se o cantor for considerado culpado, pode ser obrigado a pagar uma multa.

Justin Bieber chegou ao Brasil na última sexta-feira, 01, e deve voltar para casa ainda nesta quarta-feira, 06.

Desde que chegou, o cantor teve uma estadia conturbada no país. Logo em seu primeiro dia foi flagrado em um bordel e precisou deixar o hotel Copacabana Palace, onde estava hospedado originalmente, depois de tentar entrar com prostitutas no local.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

Além disso, o cantor deixou o palco sem catar Baby durante seu show em São Paulo depois de ser atingido por uma garrafa atirada por um fã e decepcionou alguns deles no meet & greet.

UPDATE:

O E! Brasil entrou em contato com a assessoria da 15ª DP (Gávea) e descobriu que foi aberta uma investigação para apurar o caso.

Um representante de Justin Bieber foi ouvido nessa terça-feira, 05, e afirmou que o cantor teria recebido autorização da Prefeitura do Rio para realizar um grafite no Muro da Vila Olímpica, no Morro do Vidigal, mas por questões de segurança, a equipe dele não achou viável grafitar no local.

"O delegado Mauricio Mendonça vai encaminhar, nesta quarta-feira, 06, um ofício para Prefeitura do Rio para confirmar se houve essa autorização. As investigações estão em andamento para apurar o caso", afirmou a assessoria através de um comunicado.

De acordo com o jornal Extra, o delegado Antonio Ricardo Lima Nunes ironizou a situação de Bieber nesta quarta-feira, 06.

"Ele achou que era uma área degradada e aí resolveu fazer aquilo. Mas ele vai levar uma lembrancinha bem boa do Brasil", disse ele sobre a área pichada pelo cantor.

O jornal ainda afirma que Justin consta como autor na Verificação Preliminar de Investigação (VIP), que deve ser concluída em até 30 dias. Após esse período, o caso será enviado para o Juizado Especial Criminal, que decidirá a pena do cantor. A pena prevista é de detenção de três meses a um ano ou pagamento de multa.