Jurado de The Voice será julgado por tráfico de drogas

E! News | Faz 3 anos

 
Cee Lo Green, Sparkle Premiere

Courtesy of SPE; Inc./ Eric Charbonneau




Cee Lo pode ficar quatro anos na cadeia






Cee Lo Green, cantor americano do hit Crazy e mais conhecido por seu trabalho como juiz do reality The Voice, pode pegar até quatro anos de prisão após ser acusado de dar a uma mulher ecstasy.

O cantor, de 39 anos, foi acusado criminalmente de fornecer substâncias ilícitas a uma mulher não identificada de 33 anos, em julho de 2012, de acordo com um comunicado emitido pelo Gabinete do Los Angeles County District Attorney.

Jay Z fala do passado como traficante de drogas

Cee Lo, cujo nome verdadeiro é Thomas DeCarlo Callaway, estava jantando em um restaurante no centro de Los Angeles com a mulher, quando ele supostamente passou a pílula de ecstasy a ela, segundo o comunicado. Os dois mais tarde voltaram ao quarto da mulher em um hotel.

Ele estava acompanhado da atual namorada quando se declarou inocente, e foi libertado sob fiança, estipulada em R$ 65 mil.

Anna Faris usava drogas antes da fama

A promotoria não quis registrar contra ele, por evidências insuficientes, uma acusação de agressão sexual, já que Cee Lo foi originalmente acusado de estupro de uma pessoa intoxicada. O julgamento que vai decidir o futuro de Cee Lo, no qual ele poderá cumprir uma pena de quatro anos, será no próximo dia 20 de novembro.