Joseph Gordon-Levitt posa para GQ e confessa que foi difícil lidar com a fama durante sua juventude

E! News | Faz 5 anos

 

GQ Magazine



Joseph Gordon-Levitt tem algumas palavras duras para seu maior adversário: ele mesmo.

O ator é a capa da nova edição norte-americana da revista GQ, e falou sobre crescer sob os holofotes dizendo algumas coisas bastante duras sobre sua juventude.

Além de se chamar de "espécie de menininho esnobe", Levitt admitiu que correu o risco de se transformar um "imbecil sem salvação".






"Eu realmente não gosto nessa noção de que algumas pessoas são mais importantes do que outras", disse o ator à revista, "Essas histórias sobre essas pessoas elevadas chamadas de celebridades te ensinam que o que você tem a dizer não é importante. É degradante".

Com isso, nós duvidamos que ele seja o mesmo garotinho esnobe de antes. E o pensamento pode explicar porque ele deixou de ir ao próprio baile de formatura.

"Eu achava que as garotas da minha idade eram muito frustrantes", continuou Joseph, "Elas ficavam se olhando em seus espelhos compactos, e eu achava que isso era cruel".

Mas nem tudo é briga com o passado, e o ator contou que está muito animado com seu novo filme, Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge, que estreia no Brasil em 27 de julho.

"Pessoalmente, este é o meu favorito dos três", disse ele ao E! News durante a pré-estreia do filme em Nova York, "É a conclusão do drama. Não é sobre o enredo, mas sim sobre o personagem. O final deixa o personagem acontecer. É um bom final. Não é só mais uma sequência".