Jogos Vorazes está com problemas? Cinco franquias que fracassaram depois da saída do diretor original

E! News | Faz 5 anos

 

Murray Close/Lionsgate; Andrew H. Walker/Getty Images




O que será que vai acontecer com as continuações de Jogos Vorazes depois que o diretor Gary Ross deixou oficialmente o filme pedindo mais poder e um aumento?

Talvez um desastre...

Enquanto algumas franquias como 007 e Harry Potter sobreviveram – e se deram muito bem – após as mudanças nos bastidores, algumas outras se deram muito mal.

Confira a nossa lista:






-Batman na era Tim Burton: Com o que Burton fez, Joel Schumacher aparentemente fez mais sucesso. Batman Forever, de 1995, dirigido por Schumacher, arrecadou mais que Batman Returns, de 1992, de Burton. Mas o entusiasmado Batman & Robin e a série foram colocados na geladeira até que Christopher Nolan resgatasse o herói oito anos depois

.





- O projeto As Bruxas de Blair: Então, o que acontecesse se você fizer uma sequência que não tem nenhuma ligação com o sucesso original? Nem o diretor, nem o elenco, nem a mesma mágica e nem a mesma linha... Você terá Bruxas de Blair 2, O Filho do Máscara, O Clube dos Pilantras 2, Grease 2, entre outros...





- Apertem os cintos!: É claro, os chefes do estúdio jamais fariam a sequência de um dos filmes mais engraçados do mundo sem a equipe que tornou isso possível, certo? Errado. Como provou o estúdio de Airplane II (Apertem os cintos... O piloto sumiu!), os chefes fariam isso sim.





- Loucuras de Verão: Steven Spielberg com certeza não ficou nada contente quando Hollywood foi em frente e fez a sequência de Tubarão (Jaws) sem ele, mas pelo menos Tubarão 2 foi um sucesso. Mais Loucuras de Verão, infelizmente, não teve a mesma sorte.





- Chinatown: Quão difícil é continuar um filme vencedor do Oscar e que é um clássico de Roman Polanski? É impossível. É só perguntar para Jack Nicholson, que voltou para The Two Jakes, mas que, como diretor, não conseguiu nada além de críticas com a continuação.