Jennifer Lopez processa motorista que a chantageou

E! News | Faz 5 anos

 

James Devaney/WireImage



E nós, que sofremos com o trânsito, nos perguntamos por que mais celebridades não têm motoristas.

De acordo com documentos obtidos pelo E! News, Jennifer Lopez processou seu antigo motorista por extorsão e difamação, afirmando que Hakob Manoukian ameaçou contar informações "destrutivas e potencialmente prejudiciais" sobre ela a menos que ela o desse US$2,8 milhões.






LEIA TAMBÉM: Namoro de Jennifer Lopez e Casper Smart está em crise





E talvez J.Lo esteja confundindo seu motorista com o American Idol, afinal está pedindo pelo menos US$20 milhões por danos morais.

A cantor alega que um advogado representando Manoukian – que processou Lopez, seu empresário, Benny Medina, e Marc Anthony por quebra de contrato em abril – pediu a quantia para não falar sobre questões "sensíveis e pessoais" que soube enquanto trabalhava para ela.

De acordo com os documentos, Manoukian assinou um termo de confidencialidade que o proibia de falar sobre qualquer coisa sobre a vida de Lopez e sua família.

A cantora também nega as acusações de que não o pagou o salário integral e que Medina o tratou mal.

Lopez afirma que Manoukian e Medina, tiveram uma briga no ano passado quando o empresário quis contratar um segurança que não foi o recomendado pelo motorista, que ficou "hostil e irritado" com a situação e conspirou contra eles. E, depois disso, se demitiu e começou a ameaçá-la.

Além dos US$20 milhões, J.Lo também está pedindo indenizações exemplares e punitivas e uma medida cautelar que impeça Manoukian de importuná-la judicialmente.