Jared Leto é acusado de ódio a transexuais em Festival

E! News | Faz 3 anos

 


Entenda




Jared Leto

Richard Shotwell/Invision/AP




Jared Leto, indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante, acaba de ser acusado por transmisoginia (odio ou aversão a transexuais) pelo seu papel em Clube de Compras Dallas, onde interpreta Rayon, um transexual.

LISTA DOS INDICADOS AO OSCAR 2014

Leto já chegou a ganhar mais de 30 prêmios pelo seu desempenho no filme indicado ao Oscar, mas, aparentemente, nem todos estão felizes com isso. No Santa Barbara International Film Festival's Virtuosos Award, que aconteceu nessa terça-feira, 04, onde o ator e cantor da banda 30 Seconds to Mars estava sendo homenageado, o cantor foi parado por uma mulher de 42 anos.

Sonho: Taylor Swift está saindo com Jared?

"Transmisoginia não merece um prêmio", disse a mulher para Jared. "O que você quis dizer com isso?", disse o astro. "Você não merece um prêmio por fazer uma mulher transexual, porque você é um homem", a mulher continuou. "Eu não mereço interpretar o papel porque eu sou um homem?", sisse. "Então você não aceitaria alguém que fosse gay ou lésbica fazer um papel de héterosexual?", perguntou ele.

Jared Leto dá show de humildade em Globo de Ouro

A mulher continuou a discutir com Leto, argumentando que a maioria dos papéis transexuais são interpretados por heterossexuais. "Então, você acaba de dizer que gays, pessoas que não são heterossexuais, pessoas pelo mundo que são como Rayon nunca terão a chance de explorar esta parte da arte." Leto terminou enquanto as pessoas aplaudiram.

Depois, Jared conversou com a pessoa e seu amigo em particular. Gente, nada a ver!