Irmã de Anne Frank defende Justin Bieber após polêmica

E! News | Faz 5 anos

 
Justin Bieber, Diary of Anne Frank

Courtesy of Bantam; Tony DiMaio/startraksphoto.com



"Ela provavelmente teria sido uma fã"






Seguindo o costume dos últimos meses, a semana começou com polêmica para Justin Bieber. E com ela, o cantor ganhou mais uma defensora para sua lista.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

Tudo começou quando o canadense declarou que "gostaria que Anne Frank tivesse sido uma Belieber" após visitar o museu da adolescente que morreu durante o holocausto, em Amsterdã.

Depois de Bieber ser bastante criticado pela frase, a meia-irmã de Anne Frank resolveu sair em defesa do cantor, dizendo que a repercussão do assunto "é muito infantil".

Relembre a declaração polêmica de Justin Bieber sobre Anne Frank

"Ela provavelmente teria sido uma fã. Por que não?", declarou Eva Schloss ao jornal The Telegraph.

Eva é enteada de Otto Frank, pai de Anne e único integrante do grupo que morava no esconderijo a sobreviver ao holocausto. E ela e Anne eram melhores amigas antes da Segunda Guerra começar.

LEIA MAIS: Justin Bieber posta foto deitado em cama ao lado de fã

"Ele é um jovem garoto e ela era uma jovem garota, e ela gostava de astros do cinema e de música. Eles criam muita confusão sobre tudo que é ligado à Anne Frank", continuou ela.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

Além disso, segundo uma fonte do E! News, o comentário de Bieber teve sim fundamento, já que um dos guias do museu contou a ele que Anne era muito fã da cultura pop de sua época.