O Ultimato Bourne: Matt Damon faz crítica ao filme

E! News | Faz 48 anos

 

Ben Watts/GQ



Quem disso que o drama maior aconteceu nas telonas?

Em entrevista com a GQ, o astro do filme Matt Damon- que aparece deslumbrante na capa-, contou detalhes sobre o novo filme de seu personagem Jason Bourne.

Entre as revelações muito menos intrigante, o vencedor do Oscar não se conteve ao criticar roteirista de A Identidade Bourne,Tony Gilroy, ao afirmar que escreveu um script "constrangedor" e "ilegível".






"É realmente culpa do estúdio de se colocar nessa posição", disse Damon, depois de explicar que para o terceiro filme, O Ultimato Bourne, a Universal fez um acordo com Tony para ele escreve apenas um rascunho do roteiro em troca de uma grana alta.

"Eu não culpo Tony por ter aceitado o dinheiro e entregar o roteiro, o problema foi que ele estava ilegível. Esta é uma carreira complicada. Quero dizer, eu poderia colocar essa coisa no eBay, e seria game over para esse cara. É terrível. É realmente embaraçoso. Ele simplesmente pegou o dinheiro e saiu ."

É claro, Damon não demorou muito para repensar sobre suas declarações e voltar a ser Sr. Gente Boa. Ele entrou em contato com o escritor do artigo da GQ para esclarecer os seus comentários.

"Se eu não respeitasse e apreciasse seu talento, eu realmente não teria me importado", disse ele depois do comentário sobre o escritor, "Meus sentimentos foram feridos. Isso é tudo. E é exatamente por isso que eu não deveria ter dito nada".

"Isso é entre mim e ele, então não tenho nada dizer publicamente, eu fui estúpido e anti-profissional, mas acontece", declarou Matt.

Bem, achamos que Matt falou tudo. Temos certeza que Gilroy concordou com essa resposta!