Gravadora de Justin Bieber “lamenta profundamente” pelo caos que o show gratuito do cantor causou

E! News | Faz 5 anos

 

Norwegian Red Cross; Dimitrios Kambouris/WireImage



O show gratuito de Justin Bieber na quarta-feira, 30, em Oslo, Noruega, fez sérios estragos.

Enquanto a página da Cruz Vermelha norueguesa afirmou que 78 pessoas receberam primeiros socorros e que muitas crianças ficaram desidratadas, o E! News conversou com Camila Bjornk, uma jornalista de Oslo, e ela nos deu dados diferentes: De acordo com a polícia local, 19 garotas foram levadas ao hospital e 49 fãs ficaram feridos de alguma forma por causa da loucura que se instalou.






LEIA MAIS: Show gratuito de Justin Bieber instaura caos e preocupa a poícia local





"Nenhum estado de emergência chegou a ser declarado", disse Bjorn ao E! News, "Entretanto, a polícia e a Universal Music [a gravadora de Bieber] receberam uma tonelada de críticas por não estarem preparadas. Eles não levaram em consideração o caos que poderia acontecer".

Bjorn ainda explicou que os policiais de Oslo não sabiam direito quem Justin Bieber era e como ele é conhecido pelo mundo.

A Universal Music emitiu um comunicado de imprensa dizendo que "lamenta profundamente por aqueles que estiveram no show de Justin e tiveram uma experiência ruim".

"Felizmente, ninguém ficou gravemente ferido", disse um executivo da gravadora, afirmando ainda que mesmo com a publicidade negativa gerada pelo show, Bieber quer "voltar à Noruega para uma nova apresentação".

Ola Stenberg, uma editora de TV, disse que a "cena caótica" era comparável à reação dos fãs que eles não viam "desde que estrelas como Michael Jackson" passaram por lá.

E, é claro, Justin não quer que nenhum de seus fãs se machuquem para vê-lo, "para o show acontecer vocês precisam ouvir a polícia", escreveu ele na quarta-feira enquanto a confusão causada pelo show aumentava, "estamos todos preocupados com a sua segurança e eu quero o melhor para vocês, por favor escutem".

"Agora indo para mais um #ShowSecreto, mas dessa vez um pouco mais íntimo e romântico. #CidadedoAmor #Believe #PorTodoMundo #PARIS", escreveu ele na quinta-feira.