Grammy Latino 2012: "Estou extasiada", diz Ivete Sangalo ao E! Brasil sobre as 4 indicações

E! News | Faz 5 anos

 

Divulgação




Confira a lista completa de indicados






O Brasil vai estar muito bem representado no Grammy Latino 2012, que acontece no dia 14 de novembro, em Las Vegas. Isso porque Ivete Sangalo está concorrendo em quatro categorias! "Estou extasiada com todas as indicações. Eu acho que elas são o reflexo da paixão que eu tenho por Gil e Caetano e que ficou tão evidente que isso se transformou em uma nomeação. Estou aqui no ápice da minha vaidade, porque é um projeto na companhia desses dois intérpretes e compositores que são únicos para mim. E 'Atrás da Porta' é uma canção histórica. Foi uma das grandes emoções da minha vida cantar essa música, inicialmente porque ela tinha sido cantada por Elis Regina e eu me imaginei como fã e continuo achando que ninguém cantaria igual a ela. Mas olha como é maravilhoso tanto a música, quanto a energia dela. Eu recebo a indicação por conta de uma música que ficou imortalizada na voz dela. Só tenho a agradecer e dedicar aos meus fãs. Sempre. Tudo que fizer é para eles", contou Ivete ao E! Online Brasil sobre sua indicação.
 
No especial Ivete, Gil e Caetano, lançado em 2011,  no qual a cantora baiana se apresenta ao lado dos músicos, foi o grande responsável pelas indicações em uma das maiores premiações mundiais da música. Ivete, que já foi indicada ao Grammy Latino onze vezes, venceu a categoria de melhor disco de música brasileira regional ou de raiz, em 2005, pelo álbum MTV ao vivo – Ivete Sangalo. Será que a morena vai levar mais alguma estatueta para casa esse ano? Vamos torcer pelo Brasil!

A mamãe de Marcelo Sangalo está concorrendo nas categorias de Gravação do Ano, Álbum do Ano, Melhor Álbum de Música Popular Brasileira e Melhor Vídeo Musical Versão Longa. Além de Ivete, Gaby Amarantos (Revelação de 2012), Chico Buarque (Álbum do Ano) e Maria Gadú (Canção do Ano) são alguns dos brasileiros que também estão concorrendo.





Confira a lista completa de indicados no Brasil:

Gravação do ano
"Atrás Da Porta", de Ivete Sangalo, Gilberto Gil e Caetano Veloso

 Canção do ano
"Extranjero", de Maria Gadú

 Álbum do ano

"Especial Ivete, Gil e Caetano", de Ivete Sangalo, Caetano Veloso e Gilberto Gil
"Chico", de Chico Buarque

 Revelação
Gaby Amarantos

 Melhor Canção Alternativa

"Neguinho", de Gal Costa (composta por Caetano Veloso)

Melhor álbum de cantor/compositor

"Chico", de Chico Buarque

Melhor álbum de jazz latino

"Tempo", de Tania Maria

Melhor álbum instrumental

"Brasilianos 3", de Hamilton de Holanda Quinteto
"Rasgando Seda", de Guinga + Quinteto Villa-Lobos

Melhor álbum de música clássica

"Prelúdio 21 - Quartetos de Cordas", de Quarteto Radamés Gnattali

 Melhor obra/composição clássica contemporânea

"Quarteto Circular", de Tim Rescala

Melhor projeto gráfico de um álbum

Bixiga 70, criada pelo artista MZK

Melhor álbum de engenharia de gravação

"O Canto da Sereia", de Regina Benedetti
Alexandre Gaiotto (engenheiro/masterização)

"Liebe Paradiso", de Celso Fonseca e Ronaldo Bastos
Julio Boscher, Walter Costa, Duda Mello, Leonel Pereda & Carlos Toré (engenheiros); Ricardo Garcia (masterização)

"Chão", de Lenine
Bruno Giorgi (engenheiro); Carlos Freitas (masterização)

"Brasilianos 3", de Hamilton de Holanda Quinteto
Madre Música (engenharia); André Dias (masterização)

Produtor do ano
Moogie Canazio, por "Umbigobunker!?", de Jay Vaquer

 Melhor vídeo musical versão longa

"Especial Ivete, Gil e Caetano"
Caetano Veloso, Gilberto Gil & Ivete Sangalo, Rafael Dragaud & Roberto Talma (direção); Rafael Dragaud & Roberto Talma (produção)

Melhor álbum de música cristã (língua portuguesa)

"Diante do Trono 14", Sol Da Justiça
"Ministério de Louvor", Diante Do Trono
"Inquieto Coração", Grupo Chamas
"Mulheres Ao Vivo", Cantores de Deus
"Eletro Acústico 3", Paulo César Baruk e Banda Salluz
"Aline Barros & Cia 3", Aline Barros

 Melhor álbum pop contemporâneo

"Não Tente Compreender", Mart'nália
"Reza", Rita Lee
"Músicas Para Churrasco Vol. 1", Seu Jorge
"Pelo Sabor do Gesto Em Cena", Zélia Duncan
"Caravana Sereia Bloom", Céu

 Melhor álbum de rock

"Elektra", RPM
"Multishow Ao Vivo NxZero 10 Anos", NxZero
"Celebração & Sacrifício", Beto Lee
"Ao Vivo No Rock In Rio", Ira! e Ultraje A Rigor
"Depois de um Longo Inverno", CPM 22

Melhor álbum de samba/pagode

"Ousadia & Alegria", Thiaguinho
"15 Anos Ao Vivo", Sorriso Maroto
"Só Danço Samba Ao Vivo", Emílio Santiago
"Nosso Samba Tá Na Rua", Beth Carvalho
"Duas Faces Ao Vivo Na Mangueira", Alcione

 Melhor álbum de MPB

"Especial Ivete, Gil e Caetano", Caetano Veloso, Gilberto Gil e Ivete Sangalo
"Elo", Maria Rita
"Raiz", Leila Pinheiro
"O Que Você Quer Saber de Verdade", Marisa Monte
"Amorágio", Ivan Lins
"João Bosco 40 Anos Depois", João Bosco
"Oásis de Bethânia", Maria Bethânia

 Melhor canção

"Querido Diário", Chico Buarque (Chico Buarque)
"Amor É pra Quem Ama", Lenine (Lenine e Ivan Santos)
"Ainda Bem", Marisa Monte (Arnaldo Antunes e Marisa Monte)
"Ai Se Eu Te Pego", Michel Teló (Antonio Dyggs e Sharon Axé Moi)
"A Doida", Seu Jorge (Pretinho da Serrinha, Leandro Fab e Seu Jorge)

 Melhor álbum de sertanejo

"Amor de Alma", Victor & Leo
"Na Balada", Michel Teló
"Quando Chega a Noite", Luan Santana
"Meus Encantos", Paula Fernandes
"Acústico Na Ópera de Arame", Fernando & Sorocaba
"Pra Ser Feliz", Daniel
"Chitãozinho & Xororó - 40 Anos - Sinfônico", Chitãozinho & Xororó

 Melhor álbum de raiz

"Canibália - Ritmos Do Brasil (Ao Vivo)", Daniela Mercury
"Jammil Na Real", Jammi
"Iluminado", Dominguinhos
"Forró Chorado", Oswaldinho do Acordeon
"Treme", Gaby Amarantos