George Clooney e Brad Pitt: Quão amigos eles realmente são?

E! News | Faz 5 anos

 

Steve Granitz/WireImage.com




Brad Pitt e George Clooney interpretaram amigos devotados ao crime na franquia 11 Homens e um Segredo, eles começaram a instituição de caridade de Darfur juntos, e, obviamente, nenhum deles precisa ter inveja da beleza do outro.

Mas os atores, que apresentaram os filmes um do outro no Golden Globes deste ano, são mesmo melhores amigos quando a câmera está desligada? Ou um não significa nada para o outro?






Claro que não, diz Clooney, mas ele e Pitt não são, necessariamente, amigos do peito.

"Brad é um desses ótimos caras", disse o indicado ao Oscar em uma recente entrevista ao Hollywood Reporter quando foi perguntado sobre quão próximos os dois eram na vida real.

"Somos bons amigos, mas é diferente do que as pessoas acham – quero dizer, nós não passamos muito tempo juntos. Ele esteve em minha casa em Como, nós andamos de moto juntos. Mas até pouco tempo atrás, eu não via Brad há um ano".

E mesmo que George Clooney não seja tão amigo de Brad Pitt como é de Rande Gerber e Richard Kind, e alguns dos caras que ele conheceu quando ainda não era um astro de Hollywood, os atores não precisam estar sempre juntos para manter a amizade.

"Há uns dois anos atrás, ele realmente me pegou", disse Clooney de Pitt, "Ele fez uma dessas coisas e perguntaram a ele quando ele iria se casar com Angie, e ele disse, ‘Eu caso quando George puder legalmente se casar (com um homem)'. Ele realmente me pegou, algo com o que eu tive que lidar nos últimos anos. Mas não me importei, eu tenho que viver em um mundo que me importa, e isso é tudo".

E por sinal, ele contou ao THR que a hipótese de se casar novamente não foi totalmente descartada, "Eu nem mesmo penso sobre isso", disse ele

E a estrela de The Descendants ainda revelou na entrevista que, quando estava fazendo o teste de elenco para 11 Homens e um Segredo, as peças se juntaram facilmente, com exceção de uma...

"Steven Soderbergh e eu íamos até as casas das pessoas, nos sentávamos e dizíamos, ‘Aqui está o que a gente acha'. Conversamos com Matt Damon, Julia Roberts e Brad Pitt, todos eles assinaram e o trabalho foi fácil", lembrou-se o ator, "Mas também sentamos com Johnny Depp, e não conseguimos convencê-lo. Acho que parte por ser britânico, e ele não queria fazer o filme".





LEIA TAMBÉM: Brad Pitt declara: "Angelia Jolie ainda é uma garota má"