Gabriela Pugliesi é investigada após dar aulas de ginástica na web

E! News | Faz 10 meses

 
Gabriela Pugliesi

Instagram




Entenda o caso!






Gabriela Pugliesi passou a ser um caso do Conselho Regional de Educação Física do Rio de Janeiro. Segundo o jornal O Globo, Gabriela, que já havia polemizado com dica para se manter na dieta, está sendo investigada depois de publicar um vídeo com o namorado, Erasmo Viana, em que aparece dando aulas de ginástica na Praia da Barra, no Rio de Janeiro. Vixi!

GABRIELA PUGLIESI MOSTRA FOTOS DA ÉPOCA QUE ERA GORDINHA

De acordo com o veículo, alguns professores de educação física, fisioterapeutas e nutricionistas lideram um movimento que pede maior fiscalização de atividades promovidas por blogueiros pelo Conselho Regional de Educação Física do Rio de Janeiro. "Eles não são formados em Educação Física, e, por isso, não podem dar aulas. Isso é uma questão de saúde, adolescentes reproduzem os exercícios sem qualquer orientação e muitos acabam lesionados", diz Carla Nunes, professora e uma das líderes do movimento.

GABRIELA PUGLIESI FAZ TATUAGEM DE ÂNCORA NO MEIO DOS SEIOS

"Diante das denúncias recebidas sobre o evento realizado pela Unilever, contendo inclusive vídeos e imagens sobre a atividade oferecida, encaminhará o resultado das diligências a autoridade policial quanto ao exercício ilegal da profissão pelos denunciados e as demais implicações legais quanto a empresa responsável pelo evento", informou o Conselho Regional, através de nota, segundo o jornal.

GABRIELA PUGLIESI MOSTRA FOTOS DA ÉPOCA QUE ERA GORDINHA

A assessoria de imprensa de Gabriela também enviou nota esclarecendo o assunto. "Gostaríamos de esclarecer que no dia 31 de Janeiro de 2017, Gabriela Pugliesi e Erasmo Viana, participaram do evento na Praia da Barra - Rio de Janeiro, quando apenas praticaram atividades físicas sob orientação de professores credenciados. Em momento algum Erasmo e Gabriela ministraram aulas ou deram qualquer tipo de orientação, e nem poderiam pois não possuem formação na área de educação física para isso. Inclusive, quando Erasmo e Gabriela são contratados para participar desses eventos, com aulas coletivas de educação física, consta no contrato dos mesmos a exigência e necessidade de profissionais credenciados para tal. Essa informação, portanto, não procede".