Fãs de Miley Cyrus compram briga com cantora

E! News | Faz 3 anos

 
 Miley Cyrus, Sinead O

Jeff Kravitz/FilmMagic/Marco Secchi/Redferns via Getty Images



Fique por dentro






Miley Cyrus e Sinéad O'Connor roubaram os holofotes semana passada com uma briga para lá de pesada! Agora, quando todos acreditavam que os nervos tinham acalmado, a cantora que inspirou Miley (que estaria de namorado novo) na gravação de Wrecking Ball decidiu publicar mais uma carta aberta.

Miley Cyrus diz que faz muito mais do que twerk

Dessa vez, a ameaça de um processo judicial não foi feita claramente: "Como resultado do que você fez, eu tive inúmeras mensagens de pessoas me pedindo para cometer suicídio. Para não falar que eu tenho sido alvo de milhares de artigos ou comentários abusivos, que afirmam que eu devo ser invalidada ou intimidada por sofrer de doenças mentais".

SIGA O E! ONLINE BRASIL NO TWITTER

"Felizmente eu sou uma pessoa forte. Eu tenho quatro filhos, cujas vidas seriam destruídas se eu fosse cair pelo o abuso que você me criou. Se eu não fosse forte, ou não tivesse quatro filhos, talvez esses tipos de artigos poderiam ter tido o efeito desejado. Eu poderia acrescentar que os meus filhos ficaram extremamente chateados com a natureza das atitudes da mídia em direção a sua mãe e sobre os motivos dela ser (falsamente) diagnosticada como doente mental", continuou.

Miley Cyrus usa camiseta de Justin Bieber e maconha

A cantora ainda pediu, novamente, para que Miley pedisse desculpas pelo seu ato. "Você realmente vai salvar vidas se fizer isso. Há pessoas que não vão morrer hoje à noite se você for corajosa o suficiente para dizer que não há absolutamente nada de errado com qualquer pessoa que procura ajuda pública, ou privada, a fim de permanecer vivo".