Fã de Taylor Swift é preso após chamá-la de satanás

E! News | Faz 3 anos

 
Taylor Swift

Christie Goodwin/TAS/Getty Images




Cantora ainda foi ameaçada de morte




Taylor Swift, Sunglasses Trend

Ralph/PacificCoastNews.com



Mais um perseguidor na vida de Taylor Swift?

Um homem de 28 anos foi preso pela polícia da cidade norte-americana de Pittsburgh após chamá-la de satanás e ameaçá-la de morte em pleno Facebook. O fã, identificado como Joseph Jackson, publicou diversas mensagens na rede social sobre a estrela, entre elas, uma que dizia "Taylor Swift deve ser destruída e morta". Além disso, Joseph compareceu ao show de Taylor Swift em Pittsburgh na noite de sábado, 06, segurando um cartaz que dizia "Eu te amo" e "Taylor está com o satanás. Arrependa-se".

Justin Bieber é flagrado fazendo xixi em balde de restaurante, assista aqui!

Depois que a equipe de segurança de Taylor se deu conta da presença do fã perseguidor, a polícia local se aproximou do homem na plateia. Ele ficou bastante agitado e acabou sendo detido no local. Apesar de não carregar arma de fogo, o fã foi algemado e levado para a delegacia de Allegheny por resistir à prisão.

Fotos> Miley Cyrus e Liam Hemsworth juntos no Canadá

Joseph será submetido a exames psicológicos antes de ser julgado. Para a felicidade do homem preso, a produção do show ofereceu reembolsar o valor do ingresso só porque ele foi retirado do local.