Ex-baixista do Weezer, Mikey Welsh, é encontrado morto aos 40 anos

E! News | Faz 5 anos

 
J. Shearer/WireImage
O ex-baixista do Weezer, Mikey Welsh, foi encontrado morto em um quarto de hotel em Chicago da tarde de sábado, 8, como contou o Chicago TrIbune. Mikey, que estava em Chicago para a apresentação da banda no Riot Fest, que aconteceria no domingo, 9, e foi encontrado desacordado por funcionários do Hotel Raffaello após não ter comparecido ao seu check-out. Sobre a morte do baixista, os outros integrantes do Weezer postaram suas condolências no site da banda. “Queridos amigos e fãs, é com muita tristeza que eu e os companheiros do Weezer informamos que nosso belo, criativo, hilário e doce amigo Mikey Welsh faleceu aos 40 anos”, escreveu Karl Koch, “Um talento único, um muito amoroso pai e amigo, e grande artista se foi, mas nós nuca vamos esquecê-lo”. SAIBA MAIS: Kristin Davis adotou uma menina! “Mikey nunca foi de fugir do absurdo, perigoso e estranho, e ele o fez com um gosto que poucos tinham. Ninguém tinha tanta presença de palco como Mikey, e nem fazia as manobras que ele fazia nos shows. Se funcionou foi porque ele tentou – e ele sempre achava a maneira de fazer funcionar”. O atual baixista, Scott Shriner, escreveu em seu Twitter seus pensamentos sobre a morte de Welch. “Estou realmente chateado com a morte de Mikey”, escreveu ele, “Meu coração está com sua família e amigos. Era um grande talento... Ele deixou uma marca especial no mundo com sua arte”. Enquanto os resultados da autópsia ainda estão pendentes, as autoridades suspeitam de uma overdose como a principal causa da morta de Mikey. Ele participou da banda de 1998 a 2001, deixando o Weezer para se dedicar a carreira secundária de pintor depois de sofrer um colapso nervoso.