Espanha vai lutar pelas medalhas depois de vencer com sofrimento para a França

E! News | Faz 5 anos

 

Tony Duffy/Getty Images



Sofrendo até o final. Assim venceu a seleção espanhola de basquete no jogo contra a França nas quartas-de-final dos Jogos Olímpicos, um dia em que os espanhóis não contaram muito com o seu artilheiro, Paul Gasol, e que serviu para ver depois de vários dias o compromisso do atual sub-campeão olímpico.

Tudo isto pesou, pelo fato dos jogadores de Sergio Scariolo demorarem para entrar no jogo, o tanto que demoraram durante o primeiro tempo. Marcando 37 a 34 no intervalo e acumulando dúvidas de uma equipe espanhola, que se aproximava do abismo da eliminação.

Na volta ao jogo, a Espanha finalmente conseguiu chegar à frente depois de uma cesta tripla de Marc Gasol, mas a falta de fluidez, as falhas nos lances livres e os acertos franceses igualaram o placar até os minutos finais da competição.






Neste momento, a defesa espanhola ressurge das cinzas para mostrar o seu melhor e, responder á altura do jogo da França, levando assim a Espanha para as semifinais do jogo. "Nós não enfrentamos apenas os francês. Enfrentamos muitas outras pessoas estes dias", disse José Manuel Calderon, após o jogo.
A Rússia será o adversário do time de Sergio Scariolo na próxima sexta-feira , que busca voltar à final como fizeram em Pequim 2008.
 
Ficha Técnica:
Resultado, França, 59  - Espanha, 66.
França (22-15-16-6): Parker (15), Gelabale (4), Batum (9), Diaw (15) e Turiaf (0) –Quinteto Inicial- Seraphin (2), Traore (2), Bokolo (0), Pietrus (10).
Espanha (17-17-17-15): Calderón (5), Fernández (9), Navarro (12), P. Gasol (10) y M. Gasol (14) –Quinteto Inicial-, Reyes (2), San Emeterio (2), Llull (8), Ibaka (4).
Árbitros: Cristiano Maranho (BRA), William Kennedy (USA) e Christos Christoudoulou (GRE).
Obs: Partida correspondente ao jogo das quartas de final do torneio masculino de basquete disputado no North Greenwich Arena de Londres