Escândalo: técnico do Barcelona espiava Piqué e Shakira

E! News | Faz 4 anos

 

Keypix / Splash News



Guardiola chegou a contratar detetive






De acordo com o jornal El Confidencial, o ex técnico do Barcelona, Guardiola, estava preocupado que a vida fora dos campos pudesse atrapalhar o rendimento de alguns de seus jogadores, e teria contratado um detetive para segui-los. Gerard Piqué, namorado de Shakira e pai de Milan, de dois meses, foi uma das principais vítimas da espionagem, que ganhou as manchetes espanholas nesta segunda-feira, 25.

Já pensou em virar capa de revista? Então crie a sua aqui!

Segundo o jornal, logo quando o relacionamento do casal começou, em 2010, o técnico começou a exagerar no controle sob o jogador. "Ele estava obcecado para que os jogadores mantivessem uma vida privada nos eixos e acreditava que eles não deviam sair para se divertir, porque depois rendiam menos no campo", afirma uma fonte.

"Guardiola inclusive chegava a telefonar para a casa de alguns de seus jogadores para saber se eles estavam efetivamente lá ou se tinham saído para tomar um drink em algum lugar", continuou.

LEIA MAIS: Kanye West critica Jay-Z

Demi Lovato lança músiva nova

Ainda segundo a publicação, quando Piqué assumiu o romance com Shakira o técnico teria intensificado a espionagem na vida do jogador, que teria percebido a perseguição e a relatou, mas os dirigentes do clube acobertaram Guardiola.

"O representante de Piqué informou o clube que o jogador estava sendo perseguido por desconhecidos. O próprio jogador falou sobre isso com Guardiola. Para camuflar o problema da espionagem, o dirigente do time teve uma grande ideia: disse ao representante que depois de ter feito perguntas, descobriu que os perseguidores eram dos tablóides espanhóis e prometeu controlar a situação e cuidar da segurança de Piqué", afirmou a fonte.

Relembre os melhores momentos do romance de Shakira e Piqué





O romance de Shakira e Gerard Piqué