Elenco de Dexter fala sobre a nova temporada e se a série vai mesmo acabar no tempo previsto

E! News | Faz 5 anos

 

Randy Tepper/Showtime



"Eu nunca diria nunca".

Isso é o que o astro de Dexter, Michael C. Hall disse sobre a possibilidade da série do assassino em série ganhar mais uma temporada, e não acabar na oitava como está previsto.

Depois que o chefe da Showtime disse que os "planos podem mudar", Hall só reforçou o que foi dito.






 "É difícil imaginar que vá além disso, mas você sabe, terminamos de filmar a primeira temporada e eu pensei, ‘nós deveríamos parar agora'", disse o ator, "Eu nunca diria nunca, mas o senso é que estamos indo em direção a um final definitivo".

É claro, o personagem Dexter Morgan "nunca esteve metido em um problema tão grande quanto este de agora", disse o ator sobre o final surpreendente da sexta temporada, em que a irmã de Dexter, Deb (Jennifer Capenter) descobre o segredo do irmão.

"Eu estava ansiosa por isso e também aterrorizada por isso", disse Jennifer, "Acho que toda ansiedade que estou sentindo como atriz é como Deb deve estar. Eu não queria que ela perdesse sua integridade com a audiência e os autores fizeram um grande trabalho".

"A descoberta dela faz o final parecer mais palpável e iminente", continuou Michael, "O plano é fazer esta temporada e depois a oitava e tentar contar a história da negociação dos dois resolvendo o relacionamento neste novo panorama".

E para quem não aguenta de curiosidade até a chegada da sétima temporada da série, que estreia em 30 de setembro nos Estados Unidos, o produtor executivo de Dexter tem um lembrete.

"Dexter é um assassino em série", disse Scott Buck, "A ideia [de matar Deb] passaria naturalmente por sua cabeça como o jeito mais fácil de resolver o problema".