Elenco de Aquarius protesta contra atual governo do Brasil no Festival de Cannes

E! News | Faz 2 anos

 
Aquarius, Festival de Cannes




"Um Golpe tomou conta do Brasil"






O Festival de Cannes 2016, que contou com apresentação de Justin Timberlake e Anna Kendrick, foi cenário de protesto contra o atual presidente do Brasil, Michel Temer. Nesta terça-feira, 17, o elenco do longa Aquarius, protestou contra o impeachment de Dilma Rousseff e alegou que o país sofre um Golpe de Estado.

GREGÓRIO DUVIVIER AVISA QUE TERÁ MANIFESTAÇÃO A FAVOR DA DEMOCRACIA

Ao chegarem no topo da escadaria do Palácio dos Festivais, o diretor Kléber Mendonça Filho e os atores do elenco como Humberto Carrão, Sonia Braga e Maeve Dinkings posaram para fotos. Em seguida, as mulheres tiraram um papel de suas clutches e os homens dos bolsos de seus smokings e os mostraram para as câmeras de todo mundo.

FAMOSOS SAEM ÀS RUAS EM PROTESTO

Nos cartazes, o diretor e os atores mostraram sua indignação com a atual situação política do Brasil. "O Brasil está passando por um Golpe de Estado", "O mundo não pode aceitar esse governo ilegítimo", "54.501.118 votos jogados ao fogo!", "Um Golpe tomou conta do Brasil", diziam os cartazes dos atores.

O filme Aquarius conta a história de Clara (Sônia Braga), uma escritora e crítica de música aposentada, mãe de três filhos adultos. A personagem mora em um apartamento na Av. Boa Viagem, em Recife, área valorizada da cidade, e por esse motivo, acaba recebendo investidas de construtoras que querem derrubar o prédio para construir um novo empreendimento. 

Veja mais fotos e assista ao vídeo abaixo com o momento do protesto:







Cannes. 2016.

Uma foto publicada por humbertocarrao (@humbertocarrao) em

Aquarius, Festival de Cannes






Aquarius, Festival de Cannes






Aquarius, Festival de Cannes