Drew Barrymore lembra de sua infância durante visita ao Quênia

E! News | Faz 5 anos

 
Flynet
Drew Barrymore começou sua carreira de sucesso com seu lembrado papel no filme E.T., quando tinha apenas sete anos, e logo aos treze entrou para um programa de reabilitação. Nunca pode fazer as mesmas coisas que as outras crianças de sua idade, como ir ao colégio, por exemplo... Ela de emocionou quando viajou recentemente ao Quênia e ao ver a paixão com que as crianças eram educadas, se arrependeu de não ter passado pelo mesmo processo que eles estão passando. “Estava muito emocionada. Nunca fui ao colégio porque estava trabalhando, eu praticamente não tive infância. Gostaria de saber porque esses garotos se sentem tão entusiasmados em andar tantos quilômetros para ir até uma sala de aula abarrotada”, contou a atriz sobre sua visita ao país africano através do programa de caridade World Food Programme. SAIBA MAIS: Jennifer Lopzes assina contrato para mais um "American Idol". Drew contou que com a viagem para o Quênia se deu conta de quão importante é doar dinheiro para os menos favorecidos, porque o impacto que tem em suas vidas é muito positivo. “Eu achei surpreendente quando as crianças contaram que queriam ter profissões que tivesse a ver com ajudar os outros. São filantropos por natureza. Talvez algumas pessoas não confiem mandar dinheiro para organizações que se dizem benéficas, mas quando você encontra algo como o que eu vi, te toca a alma e te faz ir além de seus próprios problemas para tomar providências para fazer sua parte como cidadão. O  World Food Programme é uma grande organização que trabalha com muitas pessoas como Christina Aguilera e Jim Carrey”, declarou Drew à revista Conde Nast Traveller.