Dominicano Felix Sánchez, ouro nos 400 metros com barreiras

E! News | Faz 5 anos

 



O atleta da República Dominicana ganhou nesta segunda-feira sua segunda medalha de ouro em competições desde a última obtida em Atenas 2004 e a primeira para seu país nos Jogos de Londres. Aos trinta e quatro anos, Sánchez voltou à frente do atletismo após a lesão que o impediu de competir em seu mais alto nível. Depois de uma corrida vibrante onde o resultado foi decidido nos instantes finais, o atleta cruzou a linha de chegada em primeiro lugar e marcou um tempo de 47.63 segundos, o melhor da temporada.

Ao ganhar o ouro, o atleta beijou uma foto de sua avó, falecida este ano e a quem dedicou a medalha.






O favorito para ganhar o ouro era o porto-riquenho Javier Culson, com um desempenho espetacular, mas que atrasou nos metros finais por perder tempo ao superar um obstáculo e ficou com o bronze (48,10 segundos), depois dele o estadunidense Michael Tinsley, marcando 47,91 segundos.

Essa foi uma boa segunda-feira para a República Dominicana, um país que ganhou em menos de meia hora duas medalhas. A segunda veio da mão de Luguelin Santos, que ganhou o metal prateado na prova dos 400 metros livres com um tempo de 44,46. O ouro nesta prova foi para Kirani James, de Granada (43,94 segundos).