Destaque para Adele, Foo Fighters e Kanye West no Grammy Awards

E! News | Faz 48 anos

 

Kevin Winter/Getty Images




Não podemos negar que a noite de ontem pertenceu às mulheres...

Seja na memória de Whitney Houston, que marcou presença durante a 54° edição do Grammy Awards, ou com o triunfo de Adele, que após se recuperar de uma cirurgia na garganta levou para casa 6 prêmios, incluindo o de Melhor Álbum, Melhor Música e Música do Ano.

"Oh meu Deus... Muito obrigada, obrigada!", agradeceu a cantora visivelmente emocionada ao subir ao palco para receber o prêmio mais importante da noite pelo álbum 21.






"Mãe, eu te amo, e sinto muito por você não estar aqui. Quero agradecer a Rick Rubin, que me ensinou sobre controle de qualidade e me fez perceber coisas que eu jamais pensei... Esse disco foi inspirado em algo realmente normal e todos já passaram por isso – um relacionamento ruim. Eu não posso dizer como se sinto, foi o ano que mudou minha vida".

"Oh, tive um pouco de muco", disse a irreverente cantora de 23 anos ao continuar com seu discurso para agradecer amigos e colegas.

 "Muito obrigada, já estou ficando emocionada... Minha vida mudou quando escrevi esta música e eu senti isso, antes mesmo de alguém ouvi-la. Ver como ela é uma performance musical tenho que agradecer aos meus médicos, eu acho, por trazerem minha voz de volta", disse ela mais cedo, ao receber o prêmio por Melhor Performance Solo Pop  por Someone Like You.



Kevin Winter/Getty Images




E já que Adele ganhou o maior prêmio da noite, como era esperado, o Foo Fighters não pôde empatar com a cantora... Mas ganhar cinco prêmios em uma noite é motivo de orgulho mesmo assim.

O álbum Wasting Lights foi premiado como o Melhor Álbum de Rock, Walk levou os prêmios de Melhor Performance de Rock e de Canção de Rock, enquanto White Limo foi eleita a Melhor Performance de Hard Rock/Metal, e eles ainda ganharam o prêmio de Melhor Vídeo Longo por Back and Forth.





LEIA TAMBÉM: Jennifer Hudson faz apresentação perfeita para homenagear Whitney Houston no Grammy.





Bon Iver, a banda de indie-folk liderada por Justin Vernon e seus companheiros de banda, levou o prêmio de Melhor Novo Artista.

"Oi", disse Vernon, que já havia ganhado o prêmio de Melhor Álbum de Música Alternativa, "É realmente difícil aceitar este prêmio", e não porque a banda foi fundada em 2007...

"Há muitos talentos lá fora e neste palco", continuou ele, "E há muitos talentos que não estão aqui... Quando eu comecei a fazer músicas, fiz pela recompensa inerente de fazer músicas, então estou um pouco desconfortável aqui. Mas com esse desconforto eu também tenho gratidão, e quero agradecer a todos os nominados, todos os não nominados que nunca estiveram aqui e que nunca estarão, todas as bandas com quem eu já fiz turnê, as bandas que me inspiraram, todos os artistas. Eu também queria dizer... Desculpem. Obrigado a quem votou. Todos os meus companheiros de banda, novos e velhos, a cidade de Au Claire, Wisconsin. Jagjaguwar, minha marca, por terem transparência e amizade. Meus amigos e família... E, mais do que tudo, aos meus pais".

Sim, isso foi suficiente...





E talvez Kanye West, que não foi indicado a Álbum do Ano (o que foi considerando uma grande afronta ), esteja ficando cansado de chegar sempre tão perto do maior prêmio de Grammy. Ele não apareceu na premiação, mas ganhou quatro prêmios, incluindo Melhor Álbum de Rap por My Beautiful Dark Twisted Fantasy, e dividiu o de Melhor Apresentação de Rap com Jay-Z por Otis, do álbum Watch the Throne.