Depois de ser sentenciado a três anos de liberdade condicional, Mel Gibson é fichado na polícia

E! News | Faz 6 anos

 
Mel Gibson se apresentou voluntariamente a uma estação policial no Sul da Califórnia como parte da sentença do processo de acusações de agressão doméstica e maus tratos contra a sua ex. Gibson apareceu na noite da última quarta-feira para ser fichado na polícia, horas antes da première de seu novo filme, The Beaver, protagonizado por Jodie Foster, no festival SXSW, em Austin, no Texas, nos Estados Unidos. A estação que ele apareceu foi a de El Segundo, por volta das 21h30 (horário local), uns 40 km sudoeste de Los Angeles. Depois de se entregar, o ator-diretor-produtor, que possui uma fortuna milionária, foi fichado e fotografado. E lógico que sua foto ia cair na web, como aconteceu com Lindsay Lohan, Paris Hilton, Christina Aguilera e todas as estrelas de Hollywood que passam pela polícia. De acordo com as autoridades locais, Gibson, protagonista das sagas como Mad Max, Arma Mortal e diretor dos filmes A Paixão de Cristo e Apocalipse, permaneceu meia hora detido e pagou uma fiança de 20 mil dólares.  Sua apresentação voluntária foi resultado da sentença do juiz do caso que o declarou responsável pelas acusações de agressão a sua ex-namorada Oksana Grigorieva, mãe de sua filha de um ano, Lucía, após uma discussão em janeiro de 2010. A estrela foi sentenciada a uma semana de cadeia, 52 semanas em tratamento em um programa de violência doméstica (programa similar que Chris Brown enfrentou), além de cumprir 16 horas de serviços comunitários. O juiz do processo também sentenciou 3 anos de liberdade condicional, tempo que o ator deverá cumprir com uma conduta exemplar. Caso enfrente problemas com a lei neste período, ele será enviado à prisão. Oficiais do departamento de polícia contaram que Gibson se mostrou bastante cooperativo e que, acompanhado de um juiz, só apareceu na estação policial para ser fotografado e fichar suas impressões digitais.