Depois de 31 anos de carreira, a banda R.E.M. anuncia sua separação

E! News | Faz 5 anos

 
Scott Gries/Getty Images
Depois de 31 anos tocando juntos, os membros do R.E.M. anunciaram a separação da banda. Um comunicado publicado na página oficial do grupo, que era liderado por Michael Stipe, informava, “Aos nossos fãs e amigos: como R.E.M. e amigos de toda vida, decidimos colocar fim à banda. Nos retiramos com um incrível sentimento de gratidão e surpresa por tudo que já alcançamos. A todos que se sentiram tocados por nossas músicas, o nosso mais profundo agradecimento por escutar”. Depois cada um dos membros adicionou suas respectivas opiniões, Peter Buck, Mike Mills e Michael Stipe, fizeram seus agradecimentos e contaram suas impressões sobre todos esses anos. SAIBA MAIS: Anthony Kiedis almoça e passeia pela rua Oscar Freire em São Paulo O líder da banda afirmou, “Um homem sábio uma vez disse que a experiência de aproveitar uma festa consiste em saber quando retirar-se: nós construímos algo extraordinário juntos, fizemos isto. E agora o deixamos. Espero que nossos fãs se dêem conta que esta não foi uma decisão fácil, mas tudo deve acabar e nós queríamos fazê-lo bem para fazer da nossa maneira. Devemos agradecer a todas as pessoas que colaboraram com o R.E.M .durante esses 31 anos, nossa mais profunda gratidão a aqueles que nos permitiram levar isso a diante. Foi incrível”. O último álbum da banda, Collapse Into Now, foi lançado em maio deste ano, e ao todo foram 15 discos de estúdio nos 31 anos de carreira.