David Bowie está deixando sua gravadora depois de 15 anos de contrato

E! News | Faz 5 anos

 
David Bowie se apresentando (Bang News)
O acordo do lendário astro do rock com a gravadora EMI chegou ao fim no em janeiro deste ano depois de 15 anos de contrato. E pelo que parece, David Bowie está negociando com a Universal Music e com a Sony Music, a última inclusive têm os direitos de tudo que foi gravado por ele desde 1995. Bowie assinou um contrato de licenciamento com a EMI, que está em leilão pela Citigroup, em 1997, permitindo que a gravadora tivesse os direitos de lançar seus álbuns feitos entre 1969 e 1990, e em troca ele recebeu mais de 25% de direitos autorais sobre as vendas nos Estados Unidos. SAIBA MAIS: Michelle Williams agradou o diretor de “My Week With Marilyn” ao cantar no filme A saída oficial de Bowie da gravadora saiu apenas algumas semanas após Robbie Williams também ter deixado a EMI. O cantor de Angels esteve na gravadora por toda sua carreira solo, que começou em 1997, e assinou um famoso contrato de £80 milhões em 2002 que cobria todos os aspectos de sua carreira, incluindo dar a ele maios controle artístico de sua carreira. E agora a Universal Music vai lançar seu novo álbum, seu primeiro material solo desde 2009, o Reality Killed the Video Star, em 2012. Robbie Williams afirmou que está muito feliz se de juntar à Universal, e que acredita que este seja o momento mais excitante de sua carreira.