CONFIRMADO: Tony Scott realmente se suicidou

E! News | Faz 4 anos

 

FRANCOIS GUILLOT/AFP/Getty Images




Laudo da morte do diretor de Top Gun foi divulgado






No dia 20 de agosto o mundo se chocou com a notícia de que Tony Scott, o célebre diretor de Top Gun, tinha morrido no dia anterior (domingo, 19) em Los Angeles.

O corpo de Scott foi encontrado no rio que passa por baixo da ponte Vincent Thomas, em San Pedro, e todos os seus pertences estavam ao lado da ponte. De acordo com uma testemunha, o diretor britânico subiu na cerca no lado sul da ponte e pulou sem hesitar, por voltas das 12h30.

As autoridades disseram que um bilhete com informações para contato estava dentro de seu carro. E, de acordo com o Los Angeles Times, mais tarde os investigadores encontraram um bilhete de suicídio em seu escritório.





LEIA MAIS: Tom Cruise homenageia Tony Scott



DAVID CROTTY/Patrick McMullan/Sipa Press



Apesar de toda a polêmica em torno desse fato, só na última segunda-feira, 22, a polícia de Los Angeles confirmou que Tony realmente se suicidou. De acordo com o legista, o diretor tinha níveis altos de Remeron, um antidepressivo, e Lunesta, um sonífero, em seu sistema sanguíneo.

A família de Tony, que morreu aos 68 anos, havia divulgado um relatório dizendo que o diretor estava com um tipo de câncer inoperável no cérebro e esse seria o motivo dele ter tirado sua própria vida. No entanto... No laudo médico nenhum câncer foi mencionado!

O corpo de Scott foi cremado alguns dias depois de sua morte, em agosto, e sua mulher, Donna, ficou com as cinzas. Um funeral aconteceu somente com a presença de familiares no dia 24 do mesmo mês.





Siga o E! Online Brasil no Twitter e acompanhe as notícias mais quentes das celebridades!





Galeria de fotos: estrelas e astros que se foram





2012: Estrelas que se foram

Johnny Otis