Yvette Vickers: De coelhinha da “Playboy” à múmia

E! News | Faz 6 anos

 
Warner Bros.
A mumificação natural – preservação que ocorre sem a ajuda de antigos processos de estilo Egípcio – não é tão rara quanto se pensa. Na América do Norte, podem ser encontrados vários casos de mumificação desse tipo, incluindo Greenland, onde oito corpos foram encontrados em uma caverna. Acredita-se que essas pessoas morreram há séculos atrás, e os cientistas suportam a idéia de que a mumificação ocorreu por uma combinação de temperaturas abaixo de zero e ventos secos. Também existem múmias naturais no México. Esses organismos datam os  anos 1800, e foram preservados através do calor natural e condições de clima seco. O assessor de imprensa do médico legista do Condado de Los Angeles nos conta que, mesmo em Hollywood, é possível que um corpo se torne mumificado naturalmente. “Os fatores que suportam essa hipótese incluem a temperatura, a secura do ambiente e a saúde da pessoa falecida”, o porta-voz relata. Só para constar, a atriz Yvette Vickers, 82, foi encontrada morta em sua casa em Beverly Hills na última quarta-feira (28). De acordo com o site do jornal Los Angeles Times, seu corpo já se encontrava em estado de mumificação. O mesmo representante do médico legista que avaliou o caso conta que a polícia acredita que a atriz  (conhecida por filmes de terror na década de 50 como A Mulher de Quinze Metros e O Ataque das Sanguessugas Gigantes), poderia estar morta há quase um ano, pelo estado de seu corpo. Se esses restos realmente forem da estrela, então certamente eles já tiveram tempo de sobra para mumificar. Uma das vizinhas de Vickers estranhou a quantidade de correspondências acumuladas na casa da atriz e resolveu investigar, encontrando o corpo da falecida mumificado. Yvette vivia reclusa e os moradores de sua rua não a viam desde meados de 2010. Vickers também foi playmate da revista Playboy, além de ter tido um caso com o ator Cary Grant Susan Savage, atriz e um vizinha que teria encontrado o corpo, disse ao Times que um pequeno aquecedor ainda estava ligado quando avistou os restos mumificados do corpo da atriz espalhados em uma sala no andar de cima, o que significa que o ar emanado do aparelho poderia ter sido quente e seco o suficiente para mumificar - ou parcialmente mumificar - os restos que sobraram de Vickers.