Como foram as últimas 48 horas de vida de Amy Winehouse?

E! News | Faz 5 anos

 
Bang News
Na última sexta-feira, 22, Amy Winehouse visitou o médico, que não pode ver nada que pudesse antecipar o triste desfecho de sábado, quando apareceu morta em sua casa em Londres. Uma fonte próxima disse ao jornal The Sun, “O médico estava contende com sua análise. Quando o visitou na noite de sexta, não havia encontrado nada de errado. Menos de 24h depois, ela apareceu morta”. A cantora de Rehab fazia check-ups regularmente devido ao seu vício em álcool e drogas, o que a deixou em um estado de saúde muito delicado. O corpo de Amy foi descoberto pelo seu guarda-costas, Andrew Morris, logo antes das 04 horas da tarde, mas as causas da morte ainda são desconhecidas. Seu agente e amigo Chris Goodman disse, “Amy estava sozinha em sua própria casa, apenas contava com um segurança que havia sido designado para ajudar a cuidar dela durante os últimos anos, não havia nada demais”. “Ela foi ao seu quarto depois de decidir que queria dormir e quando ele foi despertá-la, viu que ela não respirava. Chamou imediatamente a emergência. Estava muito afetado”, adicionou. “Neste momento ninguém sabe como ela morreu. Morreu sozinha na cama”. Mesmo que ainda não tenha sido confirmada a causa da sua trágica morte, sabe-se que ela bebeu e consumiu drogas depois de uma discussão com Reg Traviss, com o qual mantia uma relação amorosa. Traviss, diretor de cinema, se enfureceu quando soube que a cantora havia chamado pelo seu ex-marido Blake Fielder-Civil na prisão, propiciando uma acalorada discussão. Uma fonte próxima disse ao jornal Daily Mirror, “Reg soube que Amy e Blake tinham se falado e se irritou. O par teve uma briga e Reg se foi. Ela começou a beber mais e mais whisky”. A autópsia, que revelará a causa da morte, saíra hoje.