Colin Farrell, Elton John e Michael Caine prestam homenagem à Elizabeth Taylor

E! News | Faz 5 anos

 
Barry King/Getty Images
Fazem quase sete meses que Elizabeth Taylor morreu e ontem, 16, os familiares e amigos mais próximos se reuniram na Warner Bros, em Burbank, Califórnia, para prestar uma homenagem á falecida diva de Hollywood. E quem melhor para recordar um ícone de Hollywood, do que os próprios ídolos de Hollywood? Colin Farrel revelou-se um grande amigo da atriz depois da morte, e recebeu 75 minutos para a homenagem, que também contou com a presença de Michael Caine e Elton John, que encerrou a noite cantando Blue Eyes. A comemoração fechada, que aconteceu no Steven J. Ross Theater, foi um tributo à notável vida, tanto pessoal quanto profissional, de Taylor. Além de música de Elton, uma das surpresas da noite foi um vídeo mensagem de Mike Nichols, que dirigiu Liz em Quem tem medo de Virgínia Woolf?, além das recordações da enteada Kate Burton, do seu neto Rhys Tivey, que tocou Amazing Grace no trompete (uma música que a atriz adorava) e uma retrospectiva de tudo que Taylor defendia, como a luta contra o HIV e a AIDS. “Minha mãe era uma mulher extraordinária que tocou a vida de muitos, a maioria nós nunca saberemos quem é”, disse o filho de Taylor, Michael Wilding. “Toda a nossa família, tem um muito orgulho das suas realizações”. “Hoje foi um dia especialmente significante para nós, estarmos com tantos bons amigos para comemorar o seu espírito, que estará conosco para sempre”. Taylor morreu no dia 23 de março com 79 anos de idade.