Christian Bale é agredido por guardas ao tentar visitar um ativista chinês

E! News | Faz 48 anos

 




Christian Bale está estrelando pela primeira vez um filme de língua chinesa, mas aparentemente ele tem nenhum fã entre os líderes comunistas do país.

Um porta-voz do governo chinês criticou o vencedor do Oscar, dizendo que ele deveria se sentir envergonhado por visitar um ativista que está sob prisão domiciliar no leste da China enquanto está no país para promover seu papel no filme de Zhang Yimous, The Flowers of War.

Então, o que aconteceu? Como comentamos aqui no dia 16 de dezembro,leia o que aconteceu por lá:






Nem tudo são flores na vida do astro de The Dark Knight Rises, apesar de todo o sucesso do filme que ainda nem foi lançado nos cinemas, o ator Christian Bale teve problemas com oficiais chineses após tentar visitar um ativista cego que está sob prisão domiciliar no país.

O ator foi parado por guardas da segurança quando tentou se encontrar com Chen Guangcheng, um advogado autodidata, que mora em um vilarejo no leste da China e está em completo isolamento há 15 meses.

Bale estava acompanhado de um câmera da CNN, e estava no país para promover seu filme The Flowers of War, que está na corrida pelo Oscar.

O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China, Liu Weimin, afirmou que o ator é quem deveria estar se sentindo envergonhado pelo incidente, e não a China. E disse que enquanto Bale havia sido convidado pelo diretor Zhang Yimou para participar da cerimônia de abertura do filme, "ele não foi convidado para fabricar notícias ou gravar filmes em certos vilarejos".





Após perguntar o motivo de não poder visitar Chen, o ator começa a ser empurrado por quatro guardas que também impedem que ele continue gravando com sua pequena câmera.

De volta ao seu carro a caminho de Pequim, Bale começa a se explicar, "O que eu realmente queria fazer era conhecer o homem, apertar sua mão e dizer o quão inspirador ele é".

"Eu não sou corajoso por fazer isso", continuou ele, "As pessoas locais que estão se levantando contra as autoridades, que estão visitando Chen e sua família e apanhando ou sendo detidas, eu quero apoiá-las".

Christian Bale é uma das várias pessoas que já tentaram visitar Chen e não tiveram sucesso, incluindo nessa lista jornalistas e ativistas dos direitos humanos.