Chris Brown pode passar quatro anos na cadeia

E! News | Faz 3 anos

 
Chris Brown

Guillermo Bosch/Nitro News



Liberdade condicional do cantor pode estar em risco






Depois de ser acusado de agredir uma mulher em uma casa noturna de Los Angeles, Chris Brown precisa lidar com mais um problema que põe em risco sua liberdade.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

De acordo com o TMZ o cantor recebeu duas acusações criminais da procuradoria de LA. Ambas acusações dizem respeito a um suposto acidente em que o cantor teria batido na traseira de outro carro e se recusado a dar as informações do seguro e de sua licença de motorista.

Apesar de não ter fugido da cena da batida, Brown pode se dar bastante mal se for comprovado que ele não deu suas informações ao ouro motorista. Afinal, o cantor está em liberdade condicional por ter agredido a então namorada Rihanna, em 2009.

LEIA MAIS: Chris Brown é acusado de agredir mulher em casa noturna

O TMZ ainda afirma que além do acidente, ele ainda está sendo acusado de dirigir sem licença. A penalidade máxima de cada acusação é de seis meses na cadeia, entretanto, a procuradoria afirma que há a intenção de levar o caso para a promotoria de Los Angeles, o que eleva a penalidade a quatro anos de prisão, se ele for condenado.

Nessa terça-feira, 25, Brown usou seu Twitter para falar sobre o caso, chamando o acidente de "ridículo" e negando as acusações.

"Quando você desce do carro e troca informações (e não há dano em nenhum dos carros), não é fugir do acidente. Isso é realmente ridículo", escreveu ele.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

"Eu tenho uma licença válida para dirigir e dei as informações corretas à mulher. Ela viu as câmeras e quis fazer uma cena. Ela chamou a polícia e quis tirar dinheiro de Chris Brown quando eu segui o procedimento padrão", continuou.

"Meus advogados vão entrar em contato com você, eu não vou participar desse bullying e desse jornalismo", escreveu em seguida.