Chris Brown permanece na prisão até audiência em abril

E! News | Faz 3 anos

 
Chris Brown, Mark Geragos

Lucy Nicholson-PoolGetty Images




Mãe do cantor ficou desesperada com a notícia




Joyce Hawkins, Mark Geragos

Kevork DjansezianGetty Images



Chris Brown, preso na sexta-feira, 14, por violar as regras da liberdade condicional decorrente da agressão feita à Rihanna em 2009, continua preso.

O rapper permanece sob custódia da polícia até a próxima audiência, marcada para o dia 23 de abril, confirma o E! News. A mãe de Browb, Joyce Hawkins, estava com o filho no momento que o juiz divulgou a notícia e, muito triste, começou a chorar. O advogado do cantor, Mark Geragos, também estava presente.

Chris Brown e Rihanna inspiram livro baseado em 50 Tons de Cinza

Durante a audiência dessa segund-feira, 17,, o juiz James Brandlin disse que Chris foi expulso da clínica de reabilitação depois de se acotovelar com uma mulher, se recusando a fazer o teste de drogas e participar da terapia de grupo, tendo supostamente dito: "Eu sou bom usando armas e facas".

Chris Brown estaria deprimido e se automedicando, diz fonte

Após a audiência, Brown - que estava usando um macacão laranja (símbolo dos presidiários americanos)  - foi retirado do local pelos policiais e foi transferido para uma instituição correcional em Los Angeles, na Califórnia.

Ele, que escapou recentemente da cadeia, foi preso na semana passada por supostamente ser expulso da reabilitação onde estava se tratando sob ordem jurídica. Uma ordem de prisão foi emitida imediatamente após a saída de Brown da rehab porque ele não estava legalmente autorizado a deixar o local.





Chris Brown é preso após agredir homem