Chris Brown irrita organizações protetoras de animais

E! News | Faz 5 anos

 

cbbreeds.com



Chris Brown está gerando polêmica (jura?) entre os defensores de animas. Ao que parece, Brown pratica reprodução canina e vendo os filhotes e isso tem enfurecido ativistas de direitos animais, que querem que ele promova ma campanha de adoção de cachorros, ao invés da compra.






O bafafá começou na segunda-feira, 24, após a empresária e mãe de Chris, Joyce Hawkins, postar um link em sua página do Twitter, indicado o site CB Breeds, que mostra o cantor segurando adoráveis filhotes recém-nascidos e oferecendo sete filhotes de pit bull terrier vacinados, por $1000 dólares.
 
"Filhotes do Chris Brown à venda!", ela postou.
 
Não é necessário dizer que a estrela de R&B causou vários protestos de organizações de defesa dos animais, entre eles a People for the Ethical Treatment of Animals (PETA), que emitiu uma declaração condenando o negócio.
"Não existe criação responsável quando o dono coloca os cães em abrigos animais, por falta de lar para todos. Este é um esquema para ganhar dinheiro, e Brown vai conquistar otários que caem na dele e depositam dinheiro em sua conta", PETA disse ao E! News, em comunicado. "Como Justin Bieber, Kellan Lutz e Rocsi Diaz dizem: Adote, nunca compre".
 
"Não há razão para criar e produzir mais filhotes pit bull quando existem tantos outros filhotes esperando por um lar, nos Estados Unidos", disse a presidente da instituição, Society for the Prevention of Cruelty to Animals, Madeline Bernstein, também em comunicado.
 
"O preço de $1000 dólares por cada filhote vendido por Chris Brown poderia ser melhor gasto salvando vidas de animais de abrigos", acrescentou Bernstein.
 
É, lá vai Chris Brown para mais uma polêmica. E nós que achávamos que ele estava se afastando do buzz.