Chris Brown destrói aos gritos seu camarim em “Good Morning America”

E! News | Faz 6 anos

 
INFphoto.com
Furioso e sem camisa, Chris Brown balançou o estúdio de Good Morning America no Times Square nesta terça-feira! "Estava visivelmente chateado mas ao terminar a entrevista ficou furioso", disse uma fonte sobre a atitude de Brown. Isto aconteceu logo depois de perguntarem sobre o caso de 2009 em que o artista foi acusado pela sua namorada Rihanna por tê-la agredido fisicamente. Durante a entrevista, que era em relacionada ao lançamento de seu novo álbum F.A.M.E., Brown disse à apresentadora do show "Não é uma coisa relevante para mim nesse momento. Acredito que isso é passado. Hoje é o dia do lançamento do meu disco e é nisso que eu estou tentando me focar". Porém quando Robin Roberts - a apresentadora - o perguntou sobre os assuntos legais pendentes, Brown respondeu " É sobre este álbum que eu quero que as pessoas escutem e disfrutem, é o que eu quero falar a respeito e não de coisas que se passaram há dois anos atrás". Após a entrevista, Brown cantou uma de suas novas músicas e depois se dirigiu ao seu camarim, aonde aparentemente teve um ataque de ira e acabou destruindo o ambiente aos gritos! Fontes contam também que tiveram que chamar a segurança. Chris acabou não cantando um segundo single, como estava programado. Ao invés disso, ele tirou sua camiseta (em plena temperatura gelada de Nova York!) e se retirou do estúdio. Seus representantes ainda não se pronunciaram à respeito. Poucas horas depois do incidente, a apresentadora Roberts comentou em seu Twiiter "Seguramente tivemos uma manhã interessante na GMA. Entretanto ainda estou em processamento. É o meu segundo dia aqui no Twitter, e me pergunto, o que acontecerá amanhã?". Brown também foi convidado para outro show, Dancing With the Stars, da ABC. Em dezembro, Brown participou de um programa disciplinante contra a violência doméstica que foi obrigado pela corte como sentença ao caso de Rihanna. Antes disso ele já havia passado cinco anos de liberdade condicional e 180 dias de trabalhos forçados. Pouco depois do incidente em Good Morning America, a TMZ reportou que Brown escreveu em seu twitter: "Estou cansado das pessoas criticando o caso que aconteceu no meu passado enquanto ficam por aí elogiando as m**rdas que Charlie Sheen e as outras celebridades andam fazendo". Depois acabou postando outras mensagens: "Muito obrigado a todos os fãs que apoiam minha música! Caixa alta (MÚSICA!). Amo todos vocês."  e um minuto depois, "Todos os meus fãs! Esse álbum é para vocês e nada mais! Estou cansado de todos os demais! Honestamente! Amo minha equipe!". A ABC News contou em um comunicado que: "Como sempre, apenas perguntaremos coisas relevantes e respeitosas, é isso o que fazeremos com Sr. Brown".