Chegou o fim das Kardashians?

E! News | Faz 5 años

 
E!
Cyndy Snider é o nome da americana que está promovendo uma forte campanha na internet para retirar do ar o reality show Keeping Up With the Kardashians. Razão? Cyndy acredita que a série é altamente prejudicial à sociedade. A campanha, que começou um pouco mais de uma semana, leva o nome de “No More Kardashian” e pretende proibir a transmissão da vida das família mais famosa de Hollywood, os Kardashians, na telo do E!. Snider garante que não tem vínculo com nenhum movimento político ou religioso, ela simplesmente acredita que a televisão deveria transmitir programas com valores humanos. “O programa reforça a inseguridade das mulheres e estimula o consumo material”, conta ela. Ao mesmo tempo em que os seguidores anti-Kardashians expressam suas opiniões contra o reality show, ainda mais agora que Kim anunciou o divórcio após 72 de casada com Kris Humprhies, milhares de pessoas, fãs e não fãs, responderam defendendo o programa. Comentários como, “Se não quer assistir aos realities das Kardashians, troque de canal”, “ A televisão é livre. Que cada um assista o que queira”, “O programa Jersey Shore, esse sim, ataca os valores humanos e mesmo assim, não estaria de acordo com proibi-lo”, são algumas das mensagens que defendem as Kardashians. Até o momento nenhum dos integrantes do clã Kardashian se manifestou sobre a campanha, nem o produtor executivo Ryan Seacrest. Pelo contrário, Kim e Kourtney se encontram em Nova York gravando a nova temporada de Kourtney & Kim take New York. LEIA TAMBÉM: Kris Humphries fala sobre o divórcio, "É o momento mais difícil da minha vida"