Charlie Sheen demite Selma Blair de série de TV

E! News | Faz 3 anos

 
Charlie Sheen, Selma Blair, Anger Management

Prashant Gupta/FX Network




E quer Mila Kunis no elenco






Os surtos de Charlie Sheen nos bastidores de seus programas de TV não são nenhuma novidade, mas dessa vez acabou sobrando para a companheira de elenco do ator em Anger Management, Selma Blair.

Siga o E! Online Brasil no Twitter

De acordo com o Daily Mail, os dois tiveram uma grande briga e, depois disso, Sheen estaria se recusando a gravar quando Blair está presente no set.

Além disso, o ator teria demitido a companheira de elenco depois de ouvir de terceiros que ela estava criticando-o para os executivos do FX, canal que transmite a série.

LEIA TAMBÉM: Amanda Bynes agride homem que a fotografou

Segundo o TMZ, Selma teria dito que não acha o trabalho de Charlie ético, e ainda reclamado dos constantes atrasos do ator. Outro motivo apontado, é que atriz estaria farta de ter "apenas duas linhas para falar" por episódio enquanto Sheen tem 40 páginas.

O site ainda alega que Sheen quer contratar Mila Kunis (a namorada de Ashton Kutcher, seu substituto em Two and a Half Men) para atuar em Anger Management, e estaria oferecendo um salário de aproximadamente R$2 milhões por episódio.

Leve o E! Online Brasil no bolso! Baixe o aplicativo do E! na Apple Store, Google Play ou Blackberry App World

Na série, Blair interpreta Kate, a melhor amiga de Charlie, com quem o personagem do ator mantem relações sexuais. A química dos atores em cena tem sido bastante elogiada pela crítica – mas, pelo jeito, não mais.