Caso Whitney Houston: doutores e ficha médica da cantora são alvos de investigação

E! News | Faz 5 anos

 

Al Messerschmidt/Getty Images



É bem triste, mas já vimos esse filme antes.

Como normalmente acontecem nos casos de mortes repentinas (principalmente envolvendo celebridades do tipo Anna Nicole Smith, Michael Jackson e agora Whitney), a polícia está focando a investigação da morte de Whitney Houston agora em seus médicos.






Especial Whitney Houston no E!: os últimos dias de uma vida (Quinta-feira, 16, às 21h)





Apesar dos médicos legistas terem afirmado que um pequeno volume de medicamento controlado foi achado na suíte de Whitney no Beverly Hilton no dia em que ela morreu, a quantidade e tipo não foram divulgados. Fontes afirmam ao E! News que a cantora já vinha tomando antidepressivos e medicamentos para ansiedades há anos.

Autoridades estão agora investigando quem foi o médico responsável que passava as receitas destes comprimidos e onde a cantora comprava-os.

A polícia planeja interrogar os médicos de Houston para saber se ela, que já confessou seu vício pelas drogas no passado, teria alguma condição de saúde que poderia ser  agravada pelo uso da medicação.

Algumas dúvidas serão respondidas em algumas semanas, quando os exames toxicológicos da diva de 48 anos ficarem prontos.





Whitney Houston: Grandes apresentações

X Factor, 2009