Caso Kristen Stewart e Rupert Sanders: Mulher do diretor fala que estava tendo problemas no casamento antes do escândalo

E! News | Faz 5 anos

 

Kevin Winter/Getty Images, Ben Pruchnie/Getty Images



Quando grandes notícia vêm a tona, é normal que o passado dos envolvidos comece a ser revirado. E Liberty Ross, mulher de Rupert Sanders, o affair com quem Kristen Stewart traiu Robert Pattinson, pode se arrepender de uma entrevista que deu alguns duas semanas antes da notícia ser confirmada.

Afinal, ela não poderia imaginar o que estava por vir quando disse em uma entrevista que estava tendo "momentos muito difíceis" com o marido e que estava "isolada" em Los Angeles.






"Eu romanceei a domesticidade por um tempo, e amei ter uma lista de compras presa na geladeira pela primeira vez", disse a modelo a You Magazine, "Mas me mudar para cá e começar uma vida de novo foi muito mais difícil do que eu esperava. Eu não pensei que seria tão assustador e isolante como é".

Ross também falou sobre os horários difíceis do marido por causa do trabalho, e comparou a vida nova com o que tinha antes.

"Eu nunca diria em voz altas que estou criando meus filhos sozinha, mas muitas vezes senti isso", disse ela, "Eu sai do glamour que era trabalhar com Karl Lagerfeld e John Galliano para viver em uma casa isolada, com o meu marido ausente a maior parte do tempo".

Mas, apesar das constatações, ela comentou que ela e o marido tinham conseguido lidar bem com a situação.

"É por isso que tudo está tão maravilhoso agora", disse ela, "Nós passamos por obstáculos muito difíceis e conseguimos".

E, pelo jeito, Liberty e Rupert ainda terão outros obstáculos no caminho.

Depois de Kristen ter emitido seu pedido público de desculpas a Robert, Sanders fez o mesmo, afirmando estar arrependido de "toda indiscrição" causada à família, e que estava rezando para que eles conseguissem passar por isso juntos.