Casa onde Amy Winehouse morreu está à venda por quase R$ 9 milhões

E! News | Faz 5 anos

 

Gareth Cattermole/Getty Images; Danny Martindale/Getty Images




A casa de Amy Winehouse pode ser sua... Se quiser pagar 2,7 milhões de libras (quase R$ 8,5 milhões).

Mitch Winehouse colocou o imóvel em Camden, Londres, onde viveu e morreu a cantora à venda no mercado, depois de usar o local como sede da Fundação Amy Winehouse. A fundação foi criada depois que ela faleceu em julho do ano passado, aos 27 anos. 






Amy comprou a casa em abril de 2010 por 1,8 milhão de libras e, embora os parentes originalmente queriam manter a propriedade para família, Mitch agora decidiu vendê-la!

"Os Winehouse decidiram colocar a casa no mercado, com grande pesar. Amy adorava aquela casa, mas ninguém da família achou legal morar no imóvel. Não é prático (nem barato) mantê-la vazia, pagando por sua manutenção. É um lugar maravilhoso e será uma casa de alguém feliz", um porta-voz da família disse ao The Sun. 

A agência imobiliária descreve a casa como um "imóvel substancial e impressionante de três quartos, três salas e jardins privados". 

O anúncio diz que a mesma passou por grande reforma com recursos que incluem um "sistema de som integrado, controle de segurança nas televisões e uma suíte master com teto abobadado". 

No ano passado, uma fonte próxima à família disse ao The Sun, "Eles acham a casa preciosa demais para vender, daí a ideia de criar a nova sede da fundação lá. Eles não querem alugá-la. E se eles venderam, eles acham que poderia atrair o tipo errado de comprador como foi onde Amy morreu".