Brasil derrota Espanha e termina em segundo lugar no grupo

E! News | Faz 5 anos

 

EFE



Chegou o jogo que tanto se tem falado nestes dias. Espanha e Brasil enfrentaram-se em uma partida onde o vencedor seria o possível rival dos EUA em uma hipotética semifinal.

Um encontro que tem dividido opiniões de especialistas e amadores e que começou, como de costume, com o resultado a favor para a equipe espanhola. Com Pau Gasol como estandarte, o time de Sergio Scariolo conseguiu finalizar um primeiro quarto à frente dos brasileiros marcando 26 a 17 e com a grande notícia do retorno de Juan Carlos Navarro na equipe titular. O Brasil, com um dos jogos mais completos do campeonato, tinha Tiago Splitter como seu jogador mais importante e bem integrado com todos seus companheiros, que conseguiu reduzir um pouco a diferença até o intervalo com 44 a 38.

Mas, como aconteceu com a Rússia, o time espanhol mudou durante o meio da partida. Os brasileiros começaram a apertar cada vez mais, e apesar de perderem o terceiro quarto por nove pontos (66 a 57), o time de Magnano conseguiu remontar sua base e com sua estrela, Leandrinho Barbosa, acrescentar 23 pontos.






O resultado final, 88 a 82 a favor do time brasileiro finaliza a segunda posição no Grupo B e deixa a Espanha em terceira posição. "Todo mundo neste time queria ganhar, parecia que tinha tudo sob controle", disse Sergio Rodriguez após a reunião.

"Agora começa o que é importante e devemos aprender com estas duas derrotas e melhorar muito, agora não estamos no nível que tínhamos que estar. Nós não queremos perder nada, a irregularidade foi a causa e depois de alguns jogos, está se tornando preocupante ", finalizou Pau Gasol.
 
Ficha Técnica:
Resultado: Espanha, 82 – Brasil, 88
Espanha (26-18-22-16): Calderón (0), Navarro (7), Fernández (0), Marc Gasol (20) e Pau Gasol (25) –Quinteto Inicial- Rodríguez (2), Reyes (6), Claver (0), San Emeterio (3), Llull (3), Ibaka (14), Sada (2).
Brasil (17-21-19-31): Huertas (2), García (3), Barbosa (23), Varejao (7), Splitter (11) –Quinteto Inicial- Machado (3), Neto (6), Torres (6), Taylor (7), Giovannoni (7), Hilario (0) e Vieira (13).
Árbitros: Pablo Estévez (ARG), Jorge Vázquez (PUR) e Robert Lottermoser (ALE)

Obs: Partida correspondente a última jogada no grupo B dos Jogos Olímpicos disputados na Arena de Basquete de Londres.