Brad Pitt pede desculpas a Jennifer Aniston

E! News | Faz 5 anos

 
AP Photo/Chris Pizzello; Eric Charbonneau/Le Studio/Getty Images
Brad Pitt foi casado com Jennifer Aniston por cinco anos, de 2000 a 2005, quando ele se separou da atriz para ficar com Angelina Jolie. E até hoje, seis anos depois, essa separação ainda dá o que falar. Recentemente Brad deu uma entevista alegando que “pretendia fingir que o casamento nunca tivesse acontecido”, mas agora insiste que seus comentários foram pubicados fora do contexto original e que só tem boas lembranças de seu relacionamento com a estrela de Friends. “Me dói que isto tenha sido interpretado dessa maneira. Jen é incrivelmente generosa, carinhosa e divertida, e segue sendo minha amiga. É uma relação importante e que valorizo muito. Não quis dizer que ela era chata, só que eu estava ficando entediado, e sobre isso, eu sou o responsável”, dsse o ator. “Se isto chegou aos ouvidos de Jennifer, mesmo que a culpa não seja minha, eu a peço perdão”. Durante a entrevista com a revista Parade, Brad disse que sua vida estava chata e que ele não era feliz, “Passei os anos 90 tentando me esconder, tentando me esquivar do fato de ser famoso. Fiquei com ódio de mim mesmo sentado numa poltrona e fumando um baseado, me escondendo. Comecei a me sentir patético. Era claro que eu buscava uma pessoa interessante para interpretar nos filmes, mas eu mesmo não estava vivendo uma vida interessante”, contou ele. SAIBA MAIS: Jennifer Aniston e Justin Theroux, cada vez mais sérios O certo é que ultimamente Brad tem se comunicado bastante com Jennifer, e publicamente. Através de suas entrevistas ele conta para todos, e para ela, que não só a estima, gosta muito dela e tem boas lembranças, mas que deseja muitas felicidades para ela e seu namorado, Justin Theroux.