Brad Pitt admite seu vício em maconha

E! News | Faz 47 anos

 

Bruja/Juan Sharma/PacificCoastNews.com



O ator, que acabou de ser indicado ao Oscar de Melhor Ator pela atuação em Moneyball, confessou que seu vício por maconha ficou fora de controle no final dos anos 90 quando tentava lidar com a pressão da fama.

"Eu fumei muita maconha nos anos 90 que cheguei a cansar de mim mesmo. Tentava esconder o fato de ser famoso. Fumava feito louco sentado no sofá. E realmente fiquei cheio, fiquei chateado comigo mesmo", contou Brad Pitt à revista The Hollywood Reporter.






Stephen Galloway, editor executivo da publicação, explicou que o ator colocou a culpa do uso das drogas na depressão.

"Ele disse que era como se tivesse passando por uma fase de depressão. Não voltou a ter isso desde então, mas sei que ele lutou contra isso no passado", contou.

No ano passado, o maridão de Angelina Jolie de 48 anos, largou o vício de cigarro depois que seus filhos Zahara e Shiloh o flagraram fumando. Pitt leva a paternidade muito a sério e não quer dar maus exemplos a nenhum de seus seis filhos.