Bobbi Kristina conversa com Oprah sobre Whitney Houston, “Tenho que carregar o legado de minha mãe”

E! News | Faz 5 anos

 

WireImage/Getty Images



Para começar seu programa, Oprah Winfrey chamou atenção de todos ao dizer, "Aqueles mais próximos a Whitney estão em silêncio... Até esta noite".

As primeiras palavras da apresentadora não foram em vão. Ela conseguiu um programa exclusivo com a família da falecida diva Whitney Houston, incluindo uma entrevista com sua filha Bobbi Kristina, Gary seu irmão e Patricia, sua irmã de consideração.










Durante os 90 minutos os membros da família de Whitney abriram o jogo sobre as memórias da cantora, seu relacionamento com Bobby Brown e por fim sobre o que realmente aconteceu no dia de sua morte.

No início do especial, Oprah fala como Bobbi Kristina está lidando com a perda de sua mãe. "Ela está de luto. Ela perdeu a mãe. Então ela precisa de um tempo para colocar tudo no lugar".

"Não vai ser fácil, mas ela tem o amor da família", após terminar, Bobbi Kristina entra e abraça Oprah. "Eu estou indo bem", diz Bobbi. "Eu estou apenas tentando seguir em frente".

Enquanto Kristina diz que alguns dias são "muito" mais difíceis do que outros, ela conta que o espírito de sua mãe está ajudando ela a superar este momento difícil. "Eu posso ouvir sua voz em espírito falando comigo. Eu posso sempre sentir ela comigo", ela explica.

"Ela sempre me perguntou, 'Você precisa de mim? ' E de repente eu me dei conta e disse, 'Eu sempre preciso de você'".

De seu último dia com a mãe, ela diz que ficou nos braços de sua mãe. "Foi assim no início da manhã. Fui buscá-la e disse: 'Vem deitar comigo'. Ela ficou comigo a noite toda e durante o dia todo. Ela fez cafuné na minha cabeça e eu só dormia em seus braços".                              

Quando Oprah perguntou quais eram as melhores lembranças da de sua mãe, ela respondeu, "Em sua turnê, quando ela sorria, a vendo no palco sendo quem ela é", Bobbi respondeu.

Kristina também disse que planeja seguir uma carreira na indústria da música e do entretenimento. "Eu sou sua filha, tenho que continuar seu legado... É muita responsabilidade, mas ela me preparou para isso".

Bobbi está hospedada na casa de Whitney, mas admite que na primeira noite após sua morte, ela não pôde ficar lá. "Na manhã seguinte, acordei e a ouvi dizer, 'Tudo bem, venha para casa agora', quando voltei para casa, me senti bem".

Ao tomar a decisão de participar deste especial, Bobbi diz que queria que as pessoas soubessem a verdade sobre sua mãe. "Ela não era apenas uma mãe, ela era uma melhor amiga. Ela era uma irmã, uma consoladora".

Questionada sobre como foi quando soube que Whitney estava em apuros, Patricia disse, "Honestamente, eu achei que era o fim dos anos 90", em relação a quando Oprah disse a Pat que seu ex-marido Bobby Brown era o culpado por seu vício em drogas.

Duas noites antes da morte de Whitney, Pat participou de uma festa pré-Grammy com a diva, onde segundo ela, Whitney parecia "preocupada".

Enquanto os relatórios sugerem que a morte de Whitney foi um acidente nos, Pat nega que ela estava tomando medicamentos, mas admite que não sabe "o que aconteceu com ela naquele dia".

Quando Oprah pergunta sobre o dia da morte de Whitney, Pat explica: "Era apenas um dia normal, deixei o hotel para pegar alguma coisa e ao voltar estava ligando para ela, quando entrei no quarto eu a vi caindo de joelhos, uma mulher abriu a porta e disse, 'Está tudo bem?' eu respondi imediatamente, ‘Disque 911'... Eu sabia que algo estava errado. Eu estava assustada", disse ela.

A mãe da diva Cissy se recusou a participar do especial, mas Oprah deu o seu recado, "Eu não estou pronta para falar agora, mas quero que as pessoas saibam que não estamos zangados com as imagens do funeral".

Quatro dias após a cerimônia, fotos de Whitney vazaram na mídia. "Eu me senti muito violada e foi muito intrusiva. Foi muito ruim", disse Gary sobre o acontecimento.

Bobby Brown foi manchete durante o funeral de Whitney, ao deixar a cerimônia depois de uma discussão. Gary diz que não entende o que aconteceu no funeral, mas nega que a família de Whitney não o queria por lá.

"Isso não é verdade. Ele deveria estar lá. Eu não sei o que aconteceu", diz Pat sobre Bobby.

O que você achou do programa especial de Oprah?