Ator de A Pantera Cor de Rosa morre aos 95 anos

E! News | Faz 4 anos

 

Popperfoto/Getty Images



A família de Herbert Lom comunicou que ele faleceu enquanto dormia






A primeira aparição de Herbert Lom, nascido na República Tcheca, foi em 1964 como um chefe de polícia no filme A Shot in the Dark. Desde então, estrelou mais de 100 produções durante os 60 anos de carreira, entre eles Spartacus– onde contracenou com Kirk Douglas, Laurence Olivier e Tony Curtis – e a comédia The Ladykillers, de 1955, juntamente com o Sir Alec Guinness, Cecil Parker e Sellers.

Herbert também fez fama no papel de Napoleão Bonaparte por duas vezes no filme de 1942 The Young Mr. Pitt, e em uma versão de Guerra e Paz em 1965.

Mas seu personagem mais memorável foi o lunático inspetor-chefe Charles Dreyfus nas comédias A Pantera Cor de Rosa. "Assim como muitos atores, ele nunca quis ficar atrelado a um só papel e, após atuar como o gangster Leste Europeu em tantos filmes, foi um grande prazer para ele ser escolhido pelo produtor e diretor Blake Edwards para viver um personagem na comédia A Pantera Cor de Rosa e trabalhar com Peter Sellers. Ele adorou imensamente fazer esse filme", contou Alec Lom, filho do ator, segundo jornal Daily Mail.

"Ele tinha tantas histórias engraçadas sobre as armações que ele e Peter Sellers faziam durante as gravações. Era um pesadelo trabalha com Peter, porque ele ria do nada e, entre as risadas de meu pai e de Peter, várias cenas foram perdidas e tiveram que ser refeitas".

O agente do ator não confirmou a causa, mas disse que ele morreu de forma tranquila, durante o sono, aos 95 anos. Lom morava em Londres.

RIP, Herbert.