Ashley Judd diz que perdoa Harvey Weinstein em entrevista

E! News | Faz 4 semanas

 
Ashley Judd, GMA

Facebook




Saiba mais!






A atriz Ashley Judd deu uma entrevista para o programa Good Morning America na qual deu mais detalhes sobre o assédio que sofreu do produtor Harvey Weinstein e revelou que perdoa ele. Força, Judd!

Para quem não sabe, Harvey foi acusado de assédio por mais de 65 atrizes (entre elas Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow e Cara Delevingne). "As mulheres conversam sobre Harvey entre elas há muito tempo e já passou da hora de termos essa conversa publicamente", disse Ashley.

AS ATRIZES QUE ACUSARAM O PRODUTOR HARVEY WEINSTEIN DE ASSÉDIO

Segundo o relato da atriz, Harvey a assediou após ela ser convocada para uma reunião em seu quarto de hotel (algo que Ashley não gostou nem um pouco, porém, ela ainda não sabia do comportamento dele na época). Ao chegar lá, o empresário pediu para ela fazer uma massagem nele: "Eu achava que 'não' significava'não'". "Eu achei que após falar não várias vezes (algo que ele ignorou)... Quem sabe? Talvez ele os ouvia como 'talvez', talvez ele ouvia eles como 'sim', talvez aquilo excitasse ele. Eu não sei", continuou.

"Ele continuou fazendo várias propostas e finalmente eu disse: 'Quando eu ganhar um Oscar com um dos seus filmes, ok?'. E ele disse: 'Sim, quando você for nomeada'. E eu respondi: 'Não, quando eu ganhar um Oscar!'. Após isso eu fugi", afirmou a atriz. "Eu estou orgulhosa disso? Eu vejo de duas formas. A parte de mim que tenta me envergonhar diz: 'Não'. A parte de mim que entende como constrangimento funciona diz: 'Isso foi absolutamente brilhante. Bom trabalho, garota. Você saiu de lá. Parabéns'. 'Vergonha' é uma palavra bem importante e é algo sobre o qual temos que falar", comentou. "Nós todas fizemos o melhor que pudemos, e o nosso melhor já é bom o bastante. Não tem problema você ter falado o que falou", adicionou ela.

AGENTE DE FINN WOLFHARD, DE STRANGER THINGS, É ACUSADO DE ASSÉDIO

No fim, Judd disse que se manteve em silêncio sobre o assédio na época porque achou que ninguém acreditaria nela. Ao ser questionada sobre uma possível recuperação do produtor, ela afirmou que se ele estuprou alguém, ele "tem que ir para a prisão". Porém, a atriz tem esperança que ele melhore: "Eu acredito que há esperança e ajuda para todo mundo. Tem que ser a ajuda apropriada e ele realmente tem que entender profundamente que o comportamento de predador sexual é errado e também é crime".

"Eu diria para Harvey: 'Eu te perdoo. Eu entendo que você está doente e sofrendo, e há ajuda para um homem como você também. E é você quem decide se você quer ser ajudado ou não", concluiu Ashley.