As 5 capas de revista mais escandalosas da história

E! News | Faz 5 anos

 

Vanity Fair



John Lennon, Madonna e Demi Moore causaram polêmica






A capa de uma revista precisa chamar a atenção dos leitores, mas algumas fizeram história (e criaram muita polêmica) exagerando um pouco na abordagem.

Confira quais foram as cinco capas de revistas mais comentadas até hoje:





Em agosto de 1991, Demi Moore estava grávida de sete meses de Scout Larue Willis, filha de Bruce Willis, e estampou a capa da revista Vanity Fair, pelada!

Os leitores ficaram em choque e a foto entrou para história sendo reproduzida por outras celebridades ao decorrer dos anos. Como é o caso de Christina Aguilera que posou para a Marie Claire, Fernanda Lima para a Rolling Stones e Britney Spears para a Bazzar.



NME




Acima do peso, Beth Ditto, a vocalista da banda Gossip, posou também pelada para a revista britânica NME, em 2007. Dessa vez, o que chamou a atenção dos leitores não foi apenas a nudez da cantora, mas também a frase "Beije meu bumbum", escrita em sua coxa.



Time




Ellen DeGeneres causou o maior alvoroço quando revelou para a Time que era gay. A revelação fez com que Ellen e a frase "Sim, sou gay" fosse capa da revista no dia 14 de abril de 1997.






Em 2008, Madonna foi a capa da revista New York, uma das mais famosas nos Estados Unidos. A polêmica foi gerada porque a foto mostrava todas as dezenas de plásticas que a diva do pop já fez.



Rolling Stone




Já em 1981, John Lennon e Yoko Onos posaram para a fotógrafa Annie Leibovitz e chocaram os leitores da revista Rolling Stone, na foto John estava pelado agarrando Yoko como se fosse um bebê.