Angelina Jolie: “Não morri quando era nova, então tenho muita sorte”

E! News | Faz 5 anos

 
Angelina Jolie no "60 Minutes" (CBS News)
Muito antes de conhecer Brad Pitt e se tornar mãe de seis filhos, Angelina Jolie viveu sua vida no limite – e beijar o irmão como se ele fosse seu namorado e usar um pingente com sangue em seu pescoço era o de menos. “Eu passei por tempos muito sombrios e sobrevivi a eles”, disse a atriz ao 60 Minutes, “Eu não morri quando era nova, então tenho muita sorte. Existem outros artistas e pessoas que não sobreviveram a certas coisas”. E o que seriam essas coisas? “Eu esperava que você deixasse essa passar”, riu Angelina quando Bob Simon pediu mais detalhes. SAIBA MAIS: Angelina Jolie e os filhos deixam o Vietnã após uma semana de férias “Nada que eu queira entrar em muitos detalhes”, disse ela, “Mas eu acho que as pessoas podem imaginar que eu fiz coisas muito perigosas e fiz o pior – e por muitas razões eu não deveria estar aqui”. E antes de seguir para outros assuntos como família e sua futura estreia como diretora, a atriz falou uma coisa importante. “Você pensa nas muitas vezes que chegou perto de coisas muito perigosas, e muitas chances foram longe demais”, refletiu ela, “Eu continuo sendo uma garota má. Eu ainda tenho esse lado dentro de mim. Ele apenas está em seu lugar agora, pertence a Brad. Ou... as nossas aventuras”. SAIBA MAIS: Brad Pitt deve se aposentar mais cedo que esperávamos!