Angelina Jolie luta para exame de câncer se tornar acessivel

E! News | Faz 3 anos

 
Angelina Jolie

Andreas Rentz/Getty Images for Paramount Pictures



Saiba os detalhes






Angelina Jolie está sempre engajada em projetos sociais e, dessa vez, ela acabou de se envolver em mais um! Depois de sofrer de perto a perda da mãe e da tia por conta do câncer, a atriz retirou as mamas para evitar a doença, o que só foi possível graças ao exame de identificação de genes cancerígenos, que agora a noiva de Brad Pitt quer que todos tenham acesso.

 

Durante o programa Good Morning America, nesta segunda-feira, 17, Brad Pitt revelou que Angelina está trabalhando com médicos para que o valor pago no teste se torne acessível para todas as pessoas que histórico de câncer na família.

"A ideia era que as pessoas aprendessem com a historia dela e, então, compartilhassem isso. Mas tem sido apenas uma coisa bonita para assistir e seu foco agora é que todas as pessoas tenham acesso ao teste e saibam que eles podem fazer", afirmou.

LEIA MAIS: Maternidade não sabe nome de bebê de Kim Kardashian e Kanye West

Kristen Stewart posa com garçonetes

"Ela certamente mostrou que se você fez sua pesquisa e tomou sua decisão do que será melhor para você, isso não tem que ser algo assustador, isso pode capacitar as pessoas", concluiu o astro.

A declaração de Brad Pitt aconteceu alguns dias depois de funcionários da Suprema Corte dos Estados Unidos determinarem que todos os genes humanos naturais, incluindo o BRCA (do câncer), não podem ser patenteados. Ou seja, todos os laboratórios mundiais podem ensaiar mutações para pesquisar tais genes, o que antes era concedido apenas para os cientistas responsáveis pela descoberta dos genes.