Andreina Pinto, a rainha sul-americana dos 800 metros nado livre

E! News | Faz 4 anos

 



A nadadora venezuelana Andreina Pinto se classificou para a final após protagonizar uma soberana atuação na última quinta- feira na piscina do Centro Aquático onde, além de ficar em segundo lugar em sua serie, quebrou os recordes venezuelanos e sul-americanos da modalidade com um tempo de 8:26:43

Além de se tornar a nova recordista da região, quebrando a marca da chilena Kristel Köbrich, que não se classificou para a final; Andreina agora esta entre as oito melhores do mundo na modalidade dos 800 metros livres. Nesta sexta enfrentará a grande favorita e recordista mundial, a britânica Rebecca Adlington, assim como Mireia Belmonte, a primeira medalhista espanhola nestes jogos.






A atleta havia competido em Londres em outras categorias, mas era nesta prova que teria mais possibilidade de alcançar o sonho de ganhar uma medalha, algo que demonstrou querer durante sua carreira. Esta notícia leva mais celebrações para o país que, após última quarta-feira ganhou graças ao esgrimista Rubén Limardo, sua segunda medalha de ouro na história olímpica do país venezuelano.